Publicidade
A&B
Seg 07 Out 2013

Bistrô Saint Malo by Casa Grande: aposta agora é no menu francês

SaintMalo_01_071013

Entrada do Bistrô Saint Malo é dentro do Casa Grande Hotel

(fotos: Juliana Bellegard)

"Renovação" e "diferencial" são palavras de ordem para os hoteleiros - a atualização de seu produto e a preocupação constante de que ele seja destaque no mercado norteia ações de Vendas, Marketing, Eventos, Lazer e, claro, A&B. Estes conceitos, no entanto, esgotam-se e esvaziam-se pelo uso frequente e por vezes ligado a iniciativas que pouco têm de inovadoras ou diferentes, e sequer ousadas, mas são vendidas como tal pela equipe do hotel.

Lourival De Pieri, diretor e gerente geral do Casa Grande Hotel Resort & Spa, e Sérgio Souza, seu diretor Comercial, fazem coro ao dizer que um dos diferenciais do empreendimento que dirigem é a gastronomia. Para fazer jus à afirmação, investimentos nos diferentes espaços de A&B da unidade são feitos constantemente: desde os triviais festivais sazonais de fondue e crepes e risotos, até voos mais altos, como a reformulação de seus restaurantes Atlântico e Atlântico Signature.

O primeiro foi renovado em 2011, passando a chamar-se Atlântico Frutos do Mar e adotando uma identidade mediterrânea. O segundo foi oficialmente reinaugurado na última semana e passou por uma mudança mais drástica, que envolveu parceria com um bistrô local e a troca de nome, além de conceito. Após detalhar o funcionamento de parte dos estabelecimentos do Casa Grande, o Hôtelier News debruça-se, agora, sobre esta nova aposta do empreendimento.

* Por Juliana Bellegard

Ambientação do bistrô inclui até um piano de cauda

Ambientação do bistrô inclui até um piano de cauda

Mudança

Por que um novo restaurante? O Bistrô Saint Malo by Casa Grande é, na verdade, uma transformação de um espaço que já era usado para gastronomia anteriormente, o restaurante Atlântico Signature. A mudança deu-se, segundo explica De Pieri, exatamente pela aposta do empreendimento em seu setor de A&B. "Apresentar novidades é uma tendência na hotelaria. Os clientes não são somente fiéis a um hotel, e é preciso oferecer a eles opções diferentes", justifica.

O espaço, segundo explica o diretor, foi aberto com um visual mais parecido com um pub inglês e, posteriormente, já como Atlântico Signature, ganhou o conceito de bistrô. "Este já era um restaurante de cluniária internacional, pensando em atender o público que busca algo mais gourmet", conta. "Em uma conversa com a Jacqueline [Roelandt, chef responsável pelo Bistrô Saint Malo], decidimos que o melhor seria optar por um foco só: a gastronomia francesa", detalha ele.

Já tendo o restaurante estruturado, com capacidade para aproximadamente 30 pessoas, o principal investimento a ser feito para transformá-lo em Bistrô Saint Malo foi a ambientação. Quadros e ilustrações decoram as paredes, um piano de cauda no salão, lareira, piso de madeira com alguns tapetes, iluminação levemente amarelada, arranjos florais nas mesas estão entre os detalhes que compõe o cenário proposto pelo espaço. Para o jantar de abertura, uma cantora entoava canções francesas famosas, como La vie en rose, conhecida em todo o mundo na voz de Edith Piaf.

"Queremos oferecer uma experiência gastronômica e sensorial. Fazemos questão de criar um ambiente charmoso, descontraído e sem pressa, já que 100% do prato é preparado após o pedido. O foco do bistrô são os aromas, sabores, cores e texturas dos pratos", afirma a chef.

Cantora entoa sucessos franceses

Cantora entoa sucessos franceses

Parceria

Para o desenvolvimento do projeto, o Casa Grande firmou uma parceria com o Bistrô Saint Malo, estabelecimento instalado no Guarujá e comandado por Jacqueline. "Tínhamos o local, e queríamos agregar uma marca a ele. O Bistrô Saint Malo tem qualidade e a chef conta com uma vasta experiência internacional", coloca o diretor De Pieri. Sérgio Souza, diretor Comercial do hotel, explica que o renome do restaurante antes de ser instalado no Casa Grande é um chamariz para o público. "O cliente já tem referência sobre o bistrô independente do hotel", completa.

Jacqueline Roelandt é formada pela Ecole Hôteliére da Bélgica e acumula em seu currículo o comando de restaurantes próprios em Ajaccio (França), Bruxelas, Vallé du Sansom e Profondeville (todas na Bélgica), e mais recentemente a primeira unidade do Bistrô Saint Malo, ali mesmo no Guarujá. Sua proposta gastronômica é aliar o uso de ingredientes frescos de alto padrão à fidelidade à tradição francesa. "Estou sempre em busca de novos ingredientes, mas sou muito clássica na preparação", define.

Com esta parceria, o Casa Grande pode "ampliar seu leque de sabores", conforme define Lourival De Pieri. "Fortalecemos os pilares gastronômicos do hotel, com o Thai, Atlântico Frutos do Mar e, agora, o bistrô, atendendo hóspedes e clientes", diz. O empreendimento ainda conta outros espaços gastronômicos: Café Colonial, Lobby Bar, Par da Piscina, Bar da Praia e o restaurante do spa. "Ele não briga com nossos outros espaços, vem para complementar a oferta de A&B", complementa Souza.

A chef Jacqueline Roelandt com Lourival de Pieri, diretor e gerente geral do Casa Grande Hotel, inauguram o Bistrô Saint Malo (fotos: Juliana Bellegard)

A chef Jacqueline Roelandt com Lourival de Pieri, diretor e gerente geral do Casa Grande Hotel

Cardápio

Durante o jantar de abertura oficial do espaço, foi servido um menu degustação com algumas das especialidades da casa, apresentando o cardápio aos convidados. Elementos que identificam rapidamente a culinária francesa estão presentes nos pratos, desde ingredientes até receitas icônicas - foie gras e queijo brie, por exemplo, além do Coq au Vin, receita de frango marinado no vinho, e o crème brûlée de sobremesa. Veja os cliques do menu degustação completo: 

Além disso, o cardápio do bistrô conta com opções como Bacalhau à mediterrâneo, Cauda de lagosta à L'Armoricaine, Rins de vitelo à Dijonnaise, coquetel de camarão, Carré de cordeiro ao molho de pimenta verde e hortelã, e sobremesas clássicas, como o Crepe Suzette com calda de laranja.

Negócios

"A ideia de investir em gastronomia vem dando certo. O Casa Grande atende todo o público da baixada e até alguns clientes de São Paulo, e virou referência na cidade. Abrir o bistrô foi uma forma de ampliarmos esse ramo bem sucedido de nosso empreendimento", afirma o diretor Comercial. Sem falar em valores ou números, Souza explica que o investimento neste restaurante é algo a longo prazo, uma aposta em um valor agregado importante para o hotel.

Não sendo o tipo de estabelecimento que prima pelo volume de couverts servidos, mas sim pela qualidade destes, o bistrô deve impactar exatamente no perfil dos clientes que frequentam o empreendimento. "Acho, mesmo assim, que ele deve responder mais rápido", estima o dirigente, referindo-se ao retorno que o espaço deva dar ao hotel. De Pieri complementa explicando que a maioria dos clientes do restaurante ainda é de passantes, e não de hóspedes.

Outra oportunidade que se abre com o funcionamento do Bistrô Saint Malo é o atendimento ao público corporativo de alto escalão - presidentes e diretores de empresas que buscam um espaço para um evento ou jantar privado e de qualidade. Souza, que já defendeu anteriormente a importância dos eventos dentro de um resort, explica que seu trabalho na área Comercial já inclui o restaurante como trunfo para as negociações deste perfil de clientes.

Serviço

www.casagrandehotel.com.br

*A reportagem do Hôtelier News viajou ao Guarujá a convite do Casa Grande Hotel

 

Comentários

Contato

Telefone : (11) 3253-9762

Celular/Claro : (11) 976-527-506

Celular/Claro : (11) 976-536-848

redacao@hoteliernews.com.br

Rede Sociais
Newsletter