Publicidade
Ter 08 Set 2015

Fernanda Brunetta: resultados na carreira como consequência de dedicação

Fernanda Brunetta
(foto: arquivo pessoal)

Os 13 anos de janela que a hotelaria lhe deu, fazem com que Fernanda Brunetta não passe ofuscada nos muitos eventos que o setor promove. A mineira, que nomeia sua dedicação como responsável pelos frutos que vem colhendo, é rosto conhecido no mercado nacional e está de casa nova. Fernanda agora veste uniforme internacional e há alguns meses é responsável pela área operacional das franquias Wyndham na parte latina da América.

Notadamente, o Brasil não é sinônimo de passado nessa história. O escritório onde a executiva trabalha, bem como muitas marcas vinculadas à companhia, ainda ficam por aqui. Assim como todo o laço familiar e o próprio endereço residencial. "Há alguns anos trabalho sediada em São Paulo e na nova função isso não mudou", comenta, solícita, numa ligação feita numa das tardes de setembro.

A execuitva é mais um daqueles casos de perfomance profissional condizente com o foco exclusivamente profissional dado nos passos iniciais da jornada. "Num determinado momento coloquei a carreira como prioridade de vida e abdiquei de muitas coisas", confessa. Sem arrependimentos ela conta que, ainda jovem, teve que se afastar da família em nome de sua trajetória profissional.

Desde então passou pelos mais diversos cargos em distintas empresas, adquirindo bagagem e conhecimento. Por seu desempenho à frente do segmento de Marketing do Rio Quente Resorts, recebeu o troféu do Prêmio Vihp - Very Important Hotel Professional 2015 e integra uma série de entrevistas do Hôtelier News com executivos vencedores da premiação.

Confira abaixo alguns detalhes sobre a carreira de Fernanda Brunetta. 


Executiva recebeu o prêmio por seu desempenho no departamento de Marketing do Rio Quente Resorts
(foto: arquivo pessoal)

Hôtelier News: Tendo passado por hotéis, pequenos, grandes, por resorts e agora numa rede internacional, quais foram os principais desafios nessa mudança de segmento?
Fernanda Brunetta: Toda a minha experiência profisisional foi construída na indústria do turismo e da hotelaria. Os desafios de mudanças foram as adaptações culturais, de gestão, metas, com equipes, que em cada uma delas encontrei um cenário completamente diferente. Mas acredito plenamente que é o que me fez e faz crescer.
 
HN: Atuando numa equipe de rede internacional que se articula em crescimento dentro do Brasil, como enxerga o mercado hoteleiro brasileiro numa comparação com outros países onde a Wyndham está presente?
Fernanda: A Wyndham está focada na expansão do negócio no Brasil. Falando de América Latina, hoje somos o terceiro país após México e Colômbia. E a meta é mudar esta posição. É um país que faz parte do plano de crescimento com o percentual mais agressivo de aberturas de novos hotéis com as marcas Wyndham Hotel Group na América Latina. 

HN: Em formação acadêmica você escolheu o curso de Hotelaria, Turismo e Lazer, numa época em que muitos cursos ligados ao mercado de tecnologia avançavam no Brasil. Analisando hoje, quais foram os pontos fortes do curso que fizeram dessa uma escolha certa?
Fernanda: Acredito que não teve ponto forte do curso, que o diferenciasse tanto dos demais. Na prática foi uma graduação em Administração com ênfase em Hotelaria. Até mesmo porque me graduei em uma universidade especialista em ciências exatas e humanas. O que fez diferença foram minhas especializações após a gradução, o foco que dei, a dedicação a carreira e como conduzi minha experiência profissional. 

HN: Com as formações seguintes procurou migrar para a área de Marketing e Gestão de Negócios. O que influenciou nessa escolha?
Fernanda: Me especializei em Marketing e Gestão de Negócios por duas principais razões: minha trajetória profissional dentro das grandes empresas que trabalhei, ou seja, os CEOs por onde passei identificaram meu perfil e me direcionaram a estas áreas, e também pelo meu interesse nos estudos destas duas disciplinas e ter aprendido a amá-las! 


No início deste ano a executiva recebeu o troféu do Prêmio VIHP pelo desempernho profissional no ano de 2014
(foto: arquivo pessoal)

HN: Na sua trajetória profissional, consta um período de experiência internacional. Como foi este período para sua formação de carreira e qual a contribuição de uma experiência como esta para um profissional do segmento?
Fernanda: Morei no Uruguai trabalhando pela RCI. Construí minha carreira na indústria de tempo compartilhado, tive essa grande oportunidade de permaencer no meu segmento de graduação trabalhando na multinaconal líder mundial do setor e onde aprendi muito do que sei sobre gestão de negócios, pessoas, marketing além de dominar o idioma espanhol. Sem dúvida esta experiência internacional agregou muitas habilidades profissionais e pessoais na minha vida.

HN: Na sua jornada nesse mercado passou por empreendimentos independentes e de pequeno porte, por grandes resorts, até chegar a Wyndham. Como avalia a importância de cada uma dessas etapas para sua formação? 
Fernanda: Cada hotel, resort, empresa multinacional que passei foram fundamentais para o meu amadurecimento profissional. Em cada uma delas vivi desafios, metas e culturas organizacionais muito diferentes que me formaram e me fizeram crescer muito. E acredito que esta pluralidade é uma bagagem essencial para qualquer profissional em qualquer segmento. Agora como diretora de Operações de Franquias da Wyndham Hotel Group para América Latina meu principal desafio será dominar todas as ferramentas que a empresa oferece às suas franquias de marca, conhecer profundamente o mercados dos demais países, e dominar novas disciplinas uma vez que a responsabilidade é multidisciplinar (marketing, finanças, revenue management, ecommerce, comercial, jurídico, etc).
 
HN: São dois idiomas, inglês e espanhol, além do português, os que você apresenta facilidades na comunicação. Quais foram os caminhos para adquirir tal habilidade?
Fernanda: O espanhol aprendi trabalhando. Me lembro que para a minha vaga no Uruguai buscavam um profissional que falasse português. Encarei o desafio sem falar uma palavra em espanhol na época. Mas trabalhando diariamente com o idioma e com a minha rotina no país,  aprendi e passei dominar o idioma fluentemente. Já o inglês, começou na escola. Fazia parte da minha grade de disciplinas, fez parte também na faculdade, frequentei escola de inglês durante a adolescência, e na fase profissional fiz uma imersão de 4 meses em Chicago, quando amadureci o conhecimento do idioma. Agora na Wyndham, com 90% das atividades em inglês e 10% em espanhol continuo aprendendo e praticando diariamente.  

HN: Em seu currículo consta um período em que atuou afastada das rede hoteleiras e do Brasil, quando dedicou-se a outro segmento e num outro país. Quais experiências esse período te rendeu? 
Fernanda: Construí minha carreira na indústria de tempo compartilhado, então o tempo que estive fora, foi justamente trabalhando neste segmento com marketing para América Latina. E totalmente vinculada ao mercado hoteleiro no Brasil, ná época com clientes como Beach Park e Rio Quente Resorts que fazem parte deste segmento, e empresas onde também trabalhei. Sem dúvida esta experiência rendeu maturidade de gestão, aprendizado de idioma, viagens internacionais (foi onde comecei a viajar para várias partes do mundo).
 
HN: Quais serão os próximos investimentos na carreira?
Fernanda: Acabei de finalizar um MBA na Fundação Getúlio Vargas em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios. Somando três pós graduações no meu curriculum. Estudo inglês e pretendo estudar mais um idioma. Fazer uma especialização em marketing digital, e daqui uns anos desenvolver uma tese de doutorado em comportamento do consumidor.

HN: No desenvolvimento da sua carreira quais foram os profissionais que te serviram como referenciais?   
Fernanda: Todos meus líderes diretos tiveram participação importante na minha formação. Sem dúvida minha última referência foi Francisco Neto, co-CEO do Grupo Rio Quente. Reportava diretamente a ele e trabalhamos juntos por 4 anos e meio. Tocando projetos, liderando equipe, construindo planejamentos estratégicos. Me sentia desafiada diariamente a superar minhas metas, fazer minhas entregas com muita qualidade, aumentei significativamente meu nível de exigência e ampliei meu conhecimento em muitas disciplinas. É um pesquisador e empreendedor nato. Ele e o Grupo Rio Quente foram um verdadeiro MBA diário. Tenho muito carinho por eles.


(foto: Filip Calixto)

HN: Na construção de uma carreira há desafios a serem enfrentados, na sua, quais foram os principais?
Fernanda: Acredito que liderar pessoas é sempre um dos principais desafios. Saí do Grupo Rio Quente liderando 35 pessoas. E sabemos que cada uma delas tem sua expectativa, desejos, sonhos, necessidade, personalidade. Manter um time multidisciplinar motivado, entregando, batendo meta e com baixo turn over é um grande desafio para qualquer gestor.

HN: A hotelaria obriga muito dos gestores a permanecerem por muito tempo isolados no escritório, isso não o distancia da realidade do hotel?
Fernanda: Nas minhas últimas experiências em hotéis e resorts participei muito da operação. Estava envolvida diretamente nos projetos da operação, seja como participante ou líder. No Grupo Rio Quente estava no resort todos os meses praticamente, não só vivenciando a experiência como gestora do grupo mas também me colocando no papel de cliente. Por ter sido responsável por pesquisa de satisfação, posicionamento da marca, projetos de cultura e padrões de serviço, estava diretamente vinculada a equipe operacional e aos hóspedes.
 
HN: Por seu desempenho profissional no ano passado, recebeu o Prêmo Vihp na categoria Gerência de Marketing. A que atribui essa conquista?
Fernanda: Ao meu crescimento profissional. Para mim, o prêmio significou um reconhecimento de uma trajetória de 13 anos. Comecei no San Francisco Flat, como estagiária aos 19 anos, e receber o Prêmio VIHP de melhor gerente de Marketing do Brasil, aos 32 anos, me faz ter certeza que todos os desafios pessoais, o que abdiquei para construir minha carreira, minha dedicação as empresas que trabalhei, os estudos, as mudanças de cidade e de país valeram a pena.

Contato
fernanda.brunetta@wyn.com

Notícias Relacionadas

Comentários

Contato

Telefone : (11) 3253-9762

Celular/Claro : (11) 976-527-506

Celular/Claro : (11) 976-536-848

redacao@hoteliernews.com.br

Rede Sociais
Newsletter