Publicidade
Ter 18 Nov 2014

Globalização como forma de ampliar o conhecimento acerca do mercado hoteleiro: Assim é a HSMAI

(foto: Filip Calixto)

"Fuel sales, inspire marketing, optimize revenue" - o mote aparece na logomarca da HSMAI (Hospitality Sales and Marketing Association International) em sua página da internet, e pontua assertivamente o principal foco do trabalho da entidade. Ao longo dos seus mais de 80 anos de existência da associação, o mercado hoteleiro passou por transformações profundas e radicais. Atualmente, o compartilhamento de conhecimento e o fortalecimento de networking são pilares importantes em qualquer indústria, especialmente dentro da hotelaria.

Pode-se dizer, então, que a HSMAI está de fato em sua Melhor Idade. "Quanto mais você torna-se global, mais chance tem que fazer com que seu conhecimento cresça em forma exponencial", aponta Bob Gilbert, CEO da entidade, em entrevista ao Hôtelier News. Chegando ao Brasil oficialmente neste mês, a associação dá mais um passo neste objetivo de ter alcance mundial, e apresentar o mundo para seus membros. Atualmente, a HSMAI conta com quase 7 mil membros de 35 países diferentes.

Por Juliana Bellegard


Bob Gilbert, CEO da HSMAI
(foto: Juliana Bellegard)

O início
Em 1927, o mundo estava no período pós-Primeira Guerra Mundial e pré-Crise de 1929. Nasciam, no Brasil governado por Washington Luís, nosso maestro Tom Jobim e a Viação Aérea Riograndense, a Varig. Nos Estados Unidos comandado pelo presidente Calvin Coolidge, o Holland Tunnel, que liga Jersey City à Manhattan passando por baixo do rio Hudson começa a funcionar, e a HSMAI é fundada, num cenário hoteleiro bastante diferente do que se conhece hoje. "A associação foi originalmente fundada quando surgiu a ideia de 'fazer bons negócios'. Não havia, até então, um padrão de melhores práticas para vendas nem para incrementar seu desempenho", explica.

"Nas primeiras décadas da associação, todos os hotéis eram independentes. Não havia comunidade de gerentes de vendas, nem a oportunidade destes profissionais se reunirem para discutir suas práticas. Foi dentro disto que a HSMAI foi fundada", diz, destacando que também não se fazia distinção entre o mercado corporativo e o mercado de lazer dentro do hotel.

O constante diálogo dos profissionais permitiu que a associação crescesse e se transformasse de acordo com as mudanças do próprio cenário da indústria hoteleira e também do contexto mundial. "Nossa missão mudou porque o mercado mudou. A HSMAI evoluiu para esta ciência de vendas, marketing e revenue management hoteleiro", conta. Parte deste avanço foi a criação, em 1983, da HSMAI Foundation, braço de pesquisa e educação da associação. 

"Nós produzimos programas educacionais para estas três áreas de negócio hoteleiro, seja para os profissionais de empreendimentos independentes, de rede ou mesmo aqueles que trabalham nos escritórios corporativos das grandes redes", esclarece.  


(foto: arquivo HN/FIlip Calixto)

A missão
Tendo passado por estas diferentes transformações, hoje a entidade tem como missão incrementar os negócios dos hotéis nas áreas de Vendas, Marketing e otimização de receitas, segundo explica Gilbert. A comunidade conta com membros comprometidos com a produção e o compartilhamento de conhecimento, assim como o desenvolvimento profissional. 

"Estamos atentos às melhores práticas e tendências, o que está mudando na indústria hoteleira, para que, com isso, nossos membros sejam melhor sucedidos em suas funções. Como uma entidade sem fins lucrativos, nossa principal função é ajudar estes profissionais. Porque o sucesso de um gerente de Vendas, de Marketing, de um gerente geral, faz com que a indústria hoteleira seja bem sucedida também", argumenta. 

A organização da entidade é importante para que seu papel seja cumprido: é por meio dos capítulos regionais que a HSMAI tem uma melhor compreensão de cada mercado. Nos Estados Unidos, a presença da entidade abrange os Estados do Arizona, Califórnia, Carolina do Sul, Colorado, DC, Flórida, Geórgia, Havaí, Illinois, Maryland, Massachusetts, Minnesota, Mississippi, Missouri, Nevada, Nova York, Ohio, Oregon, Pensilvânia, Tennessee, Texas, Virgínia, Washington e Wisconsin. O distrito de British Columbia, no Canadá, o México e, agora, o Brasil completam a porção americana da HSMAI.

Na Europa, há capítulos na Holanda, Irlanda e Noruega; na região da Ásia e Pacífico, na Austrália, China e Sudeste Asiático. A organização ainda está presente nos Emirados Árabes Unidos. 


O HSMAI Knowledge Center fica disponível online para os membros da entidade. Clique para acessar.

Com a atuação destes grupos, além de conferências regionais e mesas redondas com altos executivos da indústria, a HSMAI busca "expandir os horizontes e manter os membros informados sobre as novas tendências", conforme relata o CEO. "Todos estão contribuindo para o HSMAI Knowledge Center, onde reunimos as pesquisas e relatórios de todo o mundo", explica o executivo, destacando que todo este material está disponível online para os membros da organização.

O desembarque no Brasil
O crescente destaque do País tanto no cenário econômico mundial quanto especificamente no segmento de turismo, alinhado ao ciclo de desenvolvimento e amadurecimento da hotelaria foram os fatores que atraíram os olhares da HSMAI para cá. Do lado nacional, a consultora Gabriela Otto foi uma das responsáveis pela ponte "interamericana". Associada à entidade desde 2008, ela conta que se tornou uma grande fã da proposta, enxergando ali "exatamente o que o mercado brasileiro precisa".

Uma parceria da HSMAI com a Pmweb permitiu que, dois anos depois, o Hit the Road fosse realizado, levando os hoteleiros participantes para a Revenue Management & Internet Marketing Strategy Conference da entidade. A iniciativa seguiu durante mais dois anos e gerou o início das movimentações para trazer a entidade para o Brasil. "Foi uma oportunidade para que os profissionais brasileiros conhecessem mais sobre o que a HSMAI pode fazer", aponta o CEO. 

"Nos últimos cinco anos, a indústria hoteleira brasileira vem amadurecendo. É aí que vemos a oportunidade de nossa organização entrar e ajudar os meios de hospedagem, neste seu desenvolvimento. Outros mercados com os quais trabalhamos já passaram por este processo, então não há necessidade de 'inventar a roda'. Podemos trazer as melhores práticas de outros mercados e adaptá-las para a realidade local", revela.


Gabriela Otto durante a Strategy Conference brasileira
(foto: Filip Calixto)

Encabeçando este processo está Gabriela, que responde como managing director da HSMAI Brasil e é descrita por Gilbert como "um filtro" para a adequação do conteúdo da entidade para o País. A executiva, formada em Comunicação Social pela PUC-RS, pós-graduada em Marketing pela ESPM e com MBA Executivo pela FAAP, soma 20 anos de trajetória em Marketing, Formação de Pessoas, Vendas Estratégicas, Canais de Distribuição e Revenue Management. Em seu currículo constam experiências em empresas como Caesar Park, InterContinental, Sofitel Luxury Hotels e Worldhotels, além de sua atuação como palestrante, professora e consultora, à frente da GO Associados.

Os primeiros passos
Marcando o início das atividades da HSMAI Brasil, sua primeira Strategy Conference foi realizada em São Paulo na última semana. O evento, "feito por profissionais de hospitalidade para profissionais de hospitalidade", conforme descrito pela própria Gabriela, reuniu 150 e debateu temas como últimas tendências em Vendas, Marketing e RM, o impacto dos reviews na hotelaria, a mudança de paradigma do novo viajante, sistemas hoteleiros e inovação.

A atividade contou com o patrocínio do TripAdvisor, que fez um acordo de três anos para ser Platinum Exclusive Sponsor nos eventos da associação, além da Travel Click, da Trend, da PriceMatch e da Bematech. A ocasião também foi a oportunidade de reunir pela primeira vez o board brasileiro, do qual participam Guilherme Marques, do Grupo Pestana, Pilar Osório, da Travel Click, Marco Jorge, do TripAdvisor, Renato Camargo, da Accor, Silvio Araújo, do Grand Hyatt São Paulo, e Paulo Gustavo Gomes, da Blue Tree Hotels. 


Board do HSMAI Brasil com a managing director Gabriela Otto
(foto: Peter Kutuchian)

Para 2015, a diretora explica que será definido um calendário com eventos como webinars e os chamados Power Breakfasts, ambos com a proposta de compartilhamento de conteúdo e experiências. O site brasileiro já está no ar - www.hsmaibrasil.org - e reúne dados sobre os próximos encontros, artigos sobre as três áreas de interesse da associação, e as instruções para o profissional interessado em tornar-se membro da HSMAI. Entre os benefícios estão os insights semanais enviados via newsletter, acesso ao Centro de Conhecimento, preços especiais para os programas da organização, além da possibilidade de fazer contatos nacionais e internacionais.

Serviço
www.hsmai.org
www.hsmaibrasil.org

Notícias Relacionadas

Comentários

Contato

Telefone : (11) 3253-9762

Celular/Claro : (11) 976-527-506

Celular/Claro : (11) 976-536-848

redacao@hoteliernews.com.br

Rede Sociais
Newsletter