Publicidade
Ter 08 Ago 2017

Airbnb fala em consternação para classificar decisão do Sebrae Nacional em cancelar convênio

O Airbnb Brasil revela ter recebido com consternação a notícia de que Afif Domingos, diretor-presidente do Sebrae, resolveu cancelar o convênio com a plataforma de hospedagem. O representante do Sebrae comunicou o cancelamento após conversas com a ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis) Nacional e isso foi compreendido como pressão pelo Airbnb que reforça: "Se deixou ser pressionado por grandes empresários, prejudicando pequenos comerciantes e empreendedores". 

Para os representantes do Airbnb, Domingos tomou o lado de hoteleiros contra sua própria diretoria executiva, que já havia aprovado um convênio de cooperação técnica de fomento da economia local e da experiência turística a partir da integração dos pequenos negócios na rede de indicações de anfitriões do Airbnb.  
"Também causa estranheza que Afif tenha gravado um vídeo institucional, omitido dos canais oficiais do Sebrae, no qual afirma que sua decisão foi tomada 'de comum acordo' com pessoas que não pertencem ao quadro do Sebrae: duas lideranças da ABIH, com quem se reuniu a portas fechadas e sentam ao seu lado na gravação", pondera em nota a representação da plataforma de hospedagem.
 
No mesmo comunicado, a empresa diz que é no mínimo questionável que uma instituição de respeito como o Sebrae abra espaço para tal ingerência, em flagrante prejuízo à sua missão de "promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo".
 
Além de colocar em xeque a decisão do Sebrae, o Airbnb também considera a postura da associação hoteleira no caso. "A ABIH tem se notabilizado nos últimos meses pelo corporativismo agressivo e calunioso contra os usuários da plataforma, com intuito de garantir uma reserva de mercado, sufocar a inovação e a concorrência e ameaçar a atividade lícita e regulamentada do aluguel de temporada".
 
"O Airbnb Brasil reitera que o crescimento da plataforma tem gerado uma série de benefícios econômicos, começando pela renda extra gerada para os anfitriões e democratizando as receitas ligadas ao turismo, beneficiando especialmente empreendedores e pequenos comerciantes no entorno dos imóveis alugados", alega. "O Airbnb está aberto ao diálogo e urge que Guilherme Afif Domingos e o Sebrae esclareçam oficialmente aos milhares de anfitriões e hóspedes da plataforma qual é a situação do convênio".

* Foto de capa; Pixabay/jarmoluk

Notícias Relacionadas

Comentários

Contato

Telefone : (11) 3253-9762

Celular/Claro : (11) 976-527-506

Celular/Claro : (11) 976-536-848

redacao@hoteliernews.com.br

Rede Sociais
Newsletter