Alan Guacáran: 5 razões pelas quais os dados são essenciais para o marketing hoteleiro


Alan Guacarán
(foto: divulgação)

Ao longo dos últimos anos, tem havido muito barulho na imprensa sobre Big Data. A explosão de dados, juntamente com o aumento das expectativas dos consumidores sobre comunicações e serviços personalizados, tem o potencial de mudar completamente a forma como os especialistas de marketing se comunicam com seu público.

Aqui estão cinco razões pelas quais os dados são tão importantes para os hotéis em particular:

1. Por que o volume e a variedade de dados importam?
Ao recolher dados através de reservas e envolvimento dos clientes, os especialistas em marketing hoteleiro podem obter dados suficientes sobre seus visitantes para ter informações valiosas. Sem uma quantidade suficiente de dados, os resultados são inconclusivos. Mas, com um grande volume e variedade de dados demográficos, sociais, comportamentais e transacionais, os hoteleiros podem oferecer comunicados e serviços mais personalizados para as pessoas que têm interesses e preferências em comum. Eles também podem criar perfis completos de hóspedes para envolvê-los mais profundamente num nível pessoal. A coleta direta de dados é gratuita e fornece informações preciosas para entender, envolver e converter hóspedes atuais e futuros.

Por exemplo, os hoteleiros podem usar dados diretos recolhidos entre hóspedes que estão atualmente no banco de dados para construir segmentos parecidos. Eles podem, em seguida, usar esses segmentos para alcançar os hóspedes com demografia e perfis de interesse semelhantes a fim de aumentar a fidelidade e a satisfação do hóspede.

2. Por que a qualidade dos dados importa?
Dados desatualizados ou imprecisos sobre hóspedes significam dinheiro desperdiçado e experiências irrelevantes para os hóspedes. Capturar dados diretos e mantê-los atualizados e precisos é a chave para alcançar o hóspede certo com a mensagem certa no momento correto. A qualidade dos dados também aumenta a capacidade de entrega e personalização da campanha. E isso lhe dá perspectivas mais precisas sobre como melhorar suas operações e aumentar a satisfação dos hóspedes.

3. Por que segmentar os dados?
Enviar mensagens padrão para todos os hóspedes resulta em um desempenho aleatório. Segmentar clientes com base em critérios como localização, interesses, compras passadas e outros pontos de dados permite que os especialistas em marketing hoteleiro atinjam um público mais definido com mensagens altamente relevantes. Apresentar conteúdos, ofertas e outros produtos pensando em atributos específicos dos perfis dos hóspedes otimiza a despesa, o compromisso, a conversão e a fidelidade.

Por exemplo, você pode melhorar as conversões e a fidelidade se segmentar os hóspedes de acordo com seus comportamentos no local. Imagine que você percebe que seu spa tem vagas para um determinado fim de semana. Você pode criar um segmento de clientes que fizeram uma reserva em seu spa e que moram perto do hotel. Compartilhar com esse público uma oferta especial de spa tem mais probabilidade de ser eficaz do que fazer uma comunicação genérica a toda a sua base de dados.

4. Por que os especialistas de marketing hoteleiro precisam acessar dados diretamente?
Quando são dependentes de um departamento de TI para executar relatórios e segmentar dados, ou de uma empresa de marketing para criar e enviar e-mails em HTML, os especialistas em marketing hoteleiro perdem a agilidade necessária para alcançar os clientes com mensagens altamente pertinentes em pontos cruciais de influência. A capacidade de acessar, analisar e agir diretamente sobre os dados resulta em uma rápida execução, análise e otimização da campanha com base em interesses e comportamentos dos hóspedes em tempo real.

5. Por que importa entender os hóspedes em diferentes canais?
Sem um repositório único para todos os dados dos hóspedes, os hotéis podem facilmente perder o controle de seus clientes em canais sociais, de e-mail, PMS, POS, GSS e outros. Consolidar dados de clientes entre diferentes sistemas e coletá-los em perfis individuais cria a capacidade de fornecer experiências personalizadas para hóspedes, abrangendo vários pontos de contato ao longo de sua estadia.

----

Alan Guacarán é gerente de Marketing para a América Latina da Revinate. Formado em Comunicação Social pela Universidade Católica Andres Bello, na Venezuela, e conta com um MBA em Tecnologia da Informação pela USP.

Contato
alan@revinate.com 
www.revinate.com/es

Sobre a Revinate
A Revinate ajuda hotéis a saberem mais sobre os seus hóspedes para que possam oferecer a eles experiências personalizadas que criam relacionamentos valiosos e clientes para toda a vida. Usando dados dos hóspedes, combinados com nosso sistema de gestão da reputação, pesquisas e tecnologia de automatização de marketing, os hotéis podem entender e se aproximar de seus clientes como nunca antes.

A Revinate é fácil de usar e não requer nenhum conhecimento técnico, de modo que qualquer membro do hotel pode usá-la para aumentar a fidelidade e gerar mais receita, cumprindo a promessa de sua marca. É por isso que 27.000 dos hotéis mais importantes do mundo confiam na Revinate para ajudá-los a reinventar a experiência dos hóspedes.

Para mais informações, escreva para: alan@revinate.com ou visite www.revinate.com/es. 

Comentários