Allia Hotels reforça presença na Zona da Mata Mineira e abre unidade econômica eZona m Ubá

allia hotels inauguraNo detalhe, a entrada do segundo empreedimento na região

A cidade de Ubá, na Zona da Mata Mineira, é o mais novo destino na lista de municípios atendidos pela Allia Hotels. Lançando mão de sua bandeira mais econômica, a rede inaugura uma unidade de 154 apartamentos, com investimento de R$ 24 milhões. O meio de hospedagem abriu – em soft opening – no último dia 24 e pertence à marca Bristol Easy.

Este é o segundo empreendimento da companhia na região – o primeiro foi o Bristol Viçosa, inaugurado em dezembro. Com ele, a rede pretende imprimir um novo padrão de hospedagem na Zona da Mata Mineira, sobretudo no que diz respeito às unidades econômicas.

O novo empreendimento conta com apartamentos com internet wi-fi, bancada de trabalho, ar condicionado split, TV a cabo, cofre eletrônico, frigobar e sprinkler contra incêndio. A estrutura adicional ainda oferece restaurante, sala de eventos para 148 pessoas e estacionamento coberto.

Zona da Mata Mineira  

"A Zona da Mata Mineira é uma das regiões que mais cresce no Estado e possui cidades pólo que concentram importantes indústrias, comércio relevante e centros de educação e pesquisa de renome internacional. Um mercado, portanto, estratégico para os objetivos da empresa", justifica Luiz Fantin, diretor de Marketing da Bristol Hotels.

A cidade de Ubá, especificamente, destaca Fantin, abriga o maior pólo moveleiro de Minas Gerais e o terceiro do País. A cidade é também um pólo regional de confecção. Anualmente, o destino sedia importantes feiras, tanto do segmento de móveis, quanto no ramo têxtil. 

Além dos já abertos Bristol Viçosa Hotel e do Bristol Easy Hotel – Ubá, a rede vai inaugurar até abril deste ano mais três hotéis: Bristol Easy Hotel Rio Bonito, em Rio Bonito (RJ); Bristol Imperatriz Hotel, em Imperatriz (MA); e o Bristol Easy Hotel – Praia de Camburi, em Vitória (ES).

Estratégia 3/1

Sobre a estratégia utilizada para aumentar o alcance da rede, Fantin revela que a rotina de aberturas segue o ritmo de 3/1. Isso significa que, a cada quatro inaugurações, três são de estabelecimentos econômicos, sendo a outra geralmente uma unidade midscale. Dessa maneira, a empresa aposta em hotéis com investimento mais baixo e com mais versatilidade no alcance. "Foi esse o caminho que escolhemos seguir para crescer", resume. Nessa tática, as bandeiras Bristol Easy e Express – ambas de baixo custo – tem protagonismo e, aos poucos, devem liderar os números no inventário da empresa.

O pipeline da companhia tem, no médio prazo, 15 unidades em desenvolvimento. Atualmente, são 24 propriedades em operação. Elas estão distribuídas por Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, Amazonas, Maranhão, Pernambuco, Distrito Federal e Rio de Janeiro. 

* Foto de capa: divulgação/Bristol Hotels

Comentários