Blue Tree Faria Lima (SP): Confira o que faz deste hotel um dos melhores da região


Luminoso, na frente do hotel, fica a alguns passos da confluência das 
avenidas Juscelino Kubitschek e Faria Lima
(fotos: Peter Kutuchian)

Inaugurado há quase 15 anos, o Blue Tree Faria Lima sempre teve uma veia na inovação. Quando foram iniciadas as vendas de suas UHs (unidades habitacionais), num momento em que a São Paulo vivia um boom da hotelaria, onde dezenas de empreendimentos pipocavam em diversos bairros da cidade, um dos seus diferenciais de vendas foi que a partir do primeiro mês de compra, mesmo que as estacas de fundação nem haviam começado a ser enterradas no terreno, garantia-se retorno de investimento na ordem de 8% ao mês. Jogada de marketing da incorporadora? Sim, mas a ação resultou na venda das UHs em dois finais de semana e fez o hotel ser falado por toda a cidade.

Um outro diferencial foram algumas de suas habitações, pois contavam com uma cama de casal retrátil, que era “escondida” dentro do armário. Uma mesa lateral era aberta, dobrando de tamanho e para que o hóspede pudesse fazer reuniões com até quatro pessoas. O quarto virava um escritório.

A ideia não foi adiante, já que a operação em tirar a cama e colocar a mesa exigiam mais tempo e rapidez para o time de arrumadeiras que recebiam chamados simultâneos para realizar a “transformação”. Numa primeira etapa, há alguns anos, todos as cama retráteis foram retiradas. 

Outro ponto importante, que vale a pena lembrar: Num momento de extrema concorrência, onde a maioria dos hotéis eram abertos com suas tarifas “puxadas” para baixo, o Blue Tree Faria Lima abriu em soft open com uma diária de R$ 160, valor que muitos empreendimentos, já operantes, nem a tinham como média. Um dos principais concorrentes do Faria Lima, tão bonito quanto e melhor localizado abriu na mesma época cobrando R$ 110. Lição de casa cumprida, pois o bom hoteleiro sabe que quando se abre um novo hotel, a tarifa precisa ser superior aos dos seus concorrentes diretos, pois um único fator serve de aval para esta prática, a de ser um hotel novo.

Tempos passados, a avenida Faria Lima mudou. Novos edifícios com novas corporações surgiram, e outras edificações ainda sendo erguidas. As árvores também cresceram trazendo o verde para diferenciar a via. Restaurantes, bares e shoppings foram abertos, atraindo os milhares de habitantes do Itaim Bibi, além de outros tantos que estão na região à trabalho.

Por Peter Kutuchian*

Os proprietários do Blue Tree Faria Lima não deixaram o tempo passar e aceitaram as sugestões da direção do empreendimento para investirem em constantes reformas, iniciadas há alguns anos. Após 24 meses e tendo utilizado os recursos da ordem de R$ 4,5 milhões, o hotel está quase novo. 

A inovação mais recente é um novo sistema de acesso à internet, tanto para hóspedes como para participantes dos eventos. “Realizamos um benchmark de mercado e adquirimos novas antenas de alta potência, ampliando a capacidade das bandas de tráfego”, afirma Maria Rosa Leroy, diretora de Hospitalidade da unidade.

Parte da equipe do Blue Tree Faria Lima, liderada por Maria Rosa Leroy (de tailleur branco) entre Rafael Alegre (gerente de Serviços); Danilo Zavatin (recepcionaista); Elisa Alvarenga (guest relations); Olivia Ferreira (recepcionista) e Cristian Felix (capitão-porteiro)

Além disso, foi contratado um sistema de gerenciamento que oferece o acesso em dois módulos, uma delas sem custo, com velocidade padrão ideal para acessar e-mails e redes sociais. Já para os hóspedes que necessitam de uma velocidade mais rápida, seja para assistir filmes como realizar downloads, por exemplo, há opções pagas a disposição. Outro diferencial é a possibilidade de conectar dois dispositivos ao mesmo tempo, facilitando quem está conectado por meio de smartphones, tablets ou laptops.

Na área social do lobby e no pórtico de entrada, como parte final das reforma completa do empreendimento, o hotel recebeu nova comunicação visual – letreiros e sinalizações internas, além de novos banheiros sociais. O projeto completo de atualização do hotel atingiu os apartamentos, dois novos pavimentos, denominados VIPs, apenas com habitações tipo Suítes, incluindo lounges exclusivos. Além disso, houve uma renovação das áreas de eventos e da cobertura, incluindo uma nova recepção para clientes que utilizam o heliponto da unidade. Os 324 apartamentos estão com novos carpetes, estofados, papel de parede, além de novas cortinas, camas e iluminação com lâmpadas led.

A reportagem do HN constatou também a qualidade e eficiência do atendimento da equipe do Blue Tree Faria Lima. Colaboradores jovens, cientes que estão ali para servirem os hóspedes. Maria Rosa acompanha tudo bem de perto, sendo os olhos da presidente da Blue Tree, Chieko Aoki.

Confira na galeria abaixo fotos da infraestrutura do BT Faria Lima.

Hospedagem
Com 338 habitações, distribuídas em 25 pavimentos, o Blue Tree Faria Lima é o maior hotel da cesta competitiva da região. Há um ano o empreendimento finalizou a reforma dos dois últimos andares, onde estão situadas suas 14 suítes, de categorias Executiva e Premium, num investimento de R$ 850 mil. E são essas habitações que fazem da propriedade ser um dos meios de hospedagem mais diferenciados do Itaim Bibi. Além das suítes, o Blue Tree conta com 52 apartamentos padrão Luxo Premier, totalizando 66 habitações capazes em hospedar clientes VIP.

Carlos Lessa, gerente de Vendas do Blue Tree Faria Lima

“Temos atualmente as melhores suítes da região e junto com as habitações Luxo Premier, uma quantidade que nenhum outro hotel possui. Existem dias que temos 50 hóspedes desse nível na casa”, comemora Carlos Lessa, gerente de Vendas da unidade.

Equipadas com as amenidades da atualidade como cofre, frigobar, duas linhas de telefone, TV de 42 polegadas, base para acoplar equipamentos portáteis como celulares e tocadores de música, secador de cabelos, mesa de trabalho, cadeira ergonômica, travesseiros com plumas de ganso e lençóis de 300 fios.

Destaque para a mesa de trabalho que está localizada atrás da cabeceira da cama, criando um espaço privativo, porém integrado ao ambiente.

A reportagem do Hôtelier News ficou hospedada na Suíte Executiva número 2403, com 40 m², e pode vivenciar algumas das amenidades oferecidas como os agentes Guest Services, os quais cuidam do que for necessário para que a hospedagem dos clientes se torne algo memorável. Podem reservar espetáculos, shows, mesas em restaurantes e até acompanhar os clientes no Shopping JK, ou Iguatemi, que estão a uma distância média de oito minutos, com locomoção por meio de automóvel.

As Suítes Executivas contam com dois banheiros, diferente das Suítes Master, que tem um espaço salutar equipado com banheira de hidromassagem para duas pessoas e um terraço, tendo no total 50 m² de área útil.

As outras categorias existentes no empreendimento são Superior e Luxo. Três das 52 Luxo Premier, são hipoalergênicas e a demanda por elas têm sido alta. “Poderíamos ter dois pavimentos com esse tipo de apartamento que a venda seria constante”, comenta Lessa.

Confira abaixo as fotos das Suítes. Devida a alta ocupação do hotel não foi possível realizar fotos das demais categorias de quartos. Para ver as imagens oficiais clique aqui.

Gastronomia
O Blue Tree Faria Lima conta em sua lista de opções gastronômicas com o restaurante Noah e o Lobby Bar, além do Room Service (Serviço de Quarto), que é servido basicamente pelo dois pontos de venda.

Empresa independente e pertencente ao Grupo Chieko Aoki, a Noah Gastronomia é também responsável pelo departamento de Alimentos e Bebidas de outros três hotéis da rede Blue Tree - Morumbi, Paulista e Verbo Divino. A maioria do processamento dos alimentos é feito no complexo de eventos, Villa Noah, na Zona Sul da capital paulista, de onde são distribuídos para os quatro hotéis, garantindo desta forma a padronização, qualidade e redução de custos.

Instalado no térreo e com acesso ao lado da Recepção, o restaurante Noah oferece espaço para 300 comensais num salão amplo, claro e com decoração leve. O café da manhã e o almoço são servidos no estilo bufê. No jantar o atendimento é feito à la carte.

Com uma filosofia preocupada em servir um cardápio mais natural possível, o restaurante Noah agrega pratos da culinária brasileira com um toque pessoal. Atende muito bem os comensais que buscam sua alimentação básica por meio dos bufês, e oferece um cardápio mais elaborado nas opções à la carte, garantindo a satisfação da maioria dos clientes.

Para ler uma matéria especial do HN sobre a Noah Gastronomia, clique aqui.

Veja abaixo na galeria algumas imagens da gastronomia do Blue Tree Faria Lima.

Eventos e Lazer
Sediando uma média de 700 eventos anuais, o Centro de Convenções do Blue Tree Faria Lima conta com oito salas, que podem atender 425 pessoas simultaneamente, e outras duas salas VIP completam a estrutura de espaços, oferecendo diversos equipamentos, inclusive para conferências de vídeo. 

Todas as necessidades de equipamentos são atendidas pela empresa R1, uma das maiores do País. Monitores para sinalização eletrônica, telas retráteis com controle remoto e projetores que possibilitam a interação a partir de uma caneta infravermelha, são alguns dos itens oferecidos no local.

“Criamos o departamento de Serviços em Eventos, que tem a missão de personalizar cada um dos eventos realizados aqui”, diz Maria Rosa. “O perfil dos participantes e o tema das reuniões são analisados com carinho para que cada um tenha seus “mimos” certos”, completa.

Para o lazer, os hóspedes do Blue Tree Faria Lima contam com um pavimento específico, situado no patamar 26. Ali há a academia de ginástica, sauna, sala para descanso e uma piscina semi-coberta.

É nesse andar que fica o lounge utilizado por clientes que utilizam o heliponto do hotel. É só subir alguns lances da escada externa, porém coberta, para se ter acesso a pista azul, de onde pode se ver a cidade num ângulo de 360º. “Com a nova homologação, os helipontos que podem operar precisam estar a uma determinada altura do solo. Com isso, levamos vantagem sobre a maioria dos edifícios próximos ao hotel, e que contavam com o serviço”, explica Carlos Lessa.

Veja fotos das áreas de eventos e lazer na galeria abaixo:

Serviço
bluetree.com.br

*A reportagem do Hôtelier News se hospedou no Blue Tree Faria Lima à convite da Blue Tree Hotels.

Comentários