Publicidade
Seg 05 Jun 2017

Com horta urbana Novotel Jaraguá (SP) busca disseminar cultura de sustentabilidade AccorHotels

Ewerton Camarano, gerente geral da unidade, e Antonieta Varlese, vice-presidente de Comunicação e Responsabilidade Social da Accor para a América do Sul (fotos: Filip Calixto)

Há pouco menos de um ano a equipe do Novotel Jaraguá, empreendimento localizado no centro velho da cidade de São Paulo, resolveu ampliar o nível de ações relacionadas ao meio ambiente e a sua preservação. Administrado por uma empresa engajada com iniciativas nesse sentido, o meio de hospedagem deu os primeiros passos no cultivo do que hoje é uma horta com mais de 30 espécies de vegetais que abastecem os restaurantes da unidade. O antigo canteiro verde prosperou e hoje é a ferramenta do hotel para disseminar a cultura de pensamento sustentável da Accor até instrumento para economias, sendo responsável por 15% do total de "alimentos verdes" consumidos no edifício.

A chamada hortinha urbana fica numa laje, no sexto andar do prédio, rodeada por outros edifícios que constroem uma visão predominantemente cinza, com algumas variações. "É uma ideia antiga e alinhada com o pensamento da rede como um todo", pontua Ewerton Camarano, gerente geral da unidade, que foi entusiasta da ideia desde seus primeiros capítulos. De acordo com ele, aos poucos o plantio foi sendo incrementado e o espaço foi sendo ampliado ao ponto de já haver alguns planos para ocupar outras lajes com hortas.

"Encontramos nessa laje uma alternativa de espaço e já pensamos em montar outras estruturas parecidas. Mas, para isso é necessário montar um projeto mais elaborado porque o prédio não foi projetado contando com isso. Precisamos estudar melhor. Mas, quem sabe?", considera o gerente.

Na missão de exercer o papel de quem cultiva, além de ser o que consome, o Novotel Jaraguá encontra anuência em atividades realizadas por outros estabelecimentos da rede. Mais 16 unidades do grupo na região contam com iniciativas parecidas e muitos pela América do Sul também. 

"A principal ação sustentável do grupo segue sendo o programa Planet 21, que reverte a economia que temos deixando de lavar toalhas com frequência diária num projeto de reflorestamento", lembra Antonieta Varlese, vice-presidente de Comunicação e Responsabilidade Social da Accor para a América do Sul. No entanto, outras ideias no mesmo sentido, o da preservação ambiental, são realizados em unidades da empresa. Programas para aplacar a produção de carbono são um exemplo.

"O Projeto de Compensação de Carbono reforça o compromisso da AccorHotels com o meio ambiente e contribui para a meta global da companhia de atingir dez milhões de árvores plantadas até 2021", reafirma Antonieta.

A horta urbana do Novotel Jaraguá fica no sexto andar

Manutenção da horta exigindo participação
De volta ao Novotel, o gerente da unidade conta que, atualmente, há um revezamento para os cuidados com o espaço. Em cada semana um departamento toma conta dos vegetais e mensalmente um jardineiro com mais experiência confere atenções mais específicas.

"O pessoal da cozinha, que é quem mais utiliza, foi quem começou a dar cuidados com maior regularidade à horta e aos poucos outros setores foram participando", lembra Camarano. Segundo ele, esse envolvimento geral é ainda mais interessante por dissemina uma cultura sustentável que passa pela alimentação e reflete no cuidado indivudual com o meio ambiente. 

Notícias Relacionadas

Comentários

Contato

Telefone : (11) 3253-9762

Celular/Claro : (11) 976-527-506

Celular/Claro : (11) 976-536-848

redacao@hoteliernews.com.br

Rede Sociais
Newsletter