Publicidade
Ter 19 Jan 2016

Duplicação da BR-101 em Alagoas incentiva a construção de novos hotéis na região

Jeanine Pires durante o evento que marcou o início das obras de duplicação da BR-101 Norte
(fotos: divulgação/Sedetur-AL/Andreia Palmeira)

Com a assinatura da ordem de serviços para a duplicação da BR-101 Norte, assinada ontem (18) pelo governador do Estado de Alagoas, em Maceió, a região recebe um incentivo de suma importância para facilitar o acesso da população e dos turistas e fortalecer a capacidade de investimentos turísticos e desenvolvimento econômico naquela área.

Para Jeanine Pires, secretária do Desenvolvimento Econômico e Turismo, a importância da obra e sua consolidação era uma solicitação antiga de todos que trabalham com o turismo no destino. “A região Norte é dinâmica e movimentada, é a que mais se desenvolve em Alagoas, então essa obra vai facilitar o acesso aos hotéis e oferecer uma experiência mais agradável e positiva àqueles que ficam em Maceió e fazem passeios para a região”, comentou Jeanine.

Segundo a secretária, esta primeira etapa da obra vai fomentar a construção de novos empreendimentos hoteleiros e gastronômicos ao longo da via, gerando mais empregos e renda para a população local.  “Os benefícios desta obra são incontáveis”, revelou.

A empresária Adriana Vasconcelos aguardou a confirmação da duplicação e logo anunciou o início das obras de mais um resort no litoral Norte de Alagoas. “O grupo Maceió Mar acredita muito no potencial de Ipioca. Estaremos iniciando no segundo semestre a obra de mais um forte e competitivo resort all inclusive, que ofertará 350 quartos e terá a capacidade de receber uma média de 1.500 turistas”, revelou.

Glenio Cedrim, empresário e presidente do Conselho Curador do Maceió Convention e Bureau, explicou que Maceió é considerada uma cidade receptora de visitantes que realizam passeios tanto para o Litoral Sul quanto para o Norte e a reclamação dos profissionais de turismo era que perdiam muito tempo no trânsito da rodovia de acesso à região.

“Para nós que fazemos hotelaria, esta obra vem como um grande benefício. Na alta temporada chegam a circular uma média de 40 mil pessoas por dia nessas estradas, então, essa duplicação vai dar uma qualidade e competitividade maior ao destino”, disse Cedrim.

Segundo o portal G1, a primeira fase da obra deve estar pronta dentro de dois anos, com um custo de R$ 41 milhões, sendo que R$ 35 milhões foram liberados pelo governo federal. Conforme Alcides Tenório, secretário executivo responsável pela obra, o primeiro trecho dos trabalhos começará em Cruz das Almas e segue até o início de Garça Torta, totalizando 5,8 km.

Serviço
sedetur.al.gov.br

Notícias Relacionadas

Comentários

Contato

Telefone : (11) 3253-9762

Celular/Claro : (11) 976-527-506

Celular/Claro : (11) 976-536-848

redacao@hoteliernews.com.br

Rede Sociais
Newsletter