Mavsa: unidade promove mudanças para se firmar como uma das principais opções de lazer de SP


A abrangente área onde fica instalado o Mavsa Resort, na cidade de Cesário Lange
(fotos: Priscilla Haikal)

"Há um perfume diferente pelas matas, riem loucas as cascatas, há mais luz na amplidão". Os versos fazem parte da canção Serrana, do seresteiro carioca Gilberto Alves, que apesar de ter passado boa parte da vida em terras fluminenses, viveu seus últimos anos no interior paulista, mais precisamente na cidade de Cesário Lange. Foi lá que o artista teve contato com a família do proprietário da área onde hoje funciona o Mavsa Resort Convention & Spa. Como forma de homenagear o cantor que acabou tornando-se amigo, os administradores mantém fotos de Alves na recepção do empreendimento, junto a algumas violas.

Estes são os primeiros elementos que evidenciam a chegada em um lugar interiorano, que privilegia o contato com a natureza. O resort fica instalado em uma área verde de 800 mil m² e, entre as variadas espécies vegetais presentes no local, estão amoreiras, goiabeiras, pitangueiras e romanzeiras. Há, inclusive, um espaço apelidado de corredor das árvores, onde as copas das plantas se encontram, formando um espaço parcialmente fechado, que pela atmosfera incerta e misteriosa que adquire com a escuridão noturna, é muito utilizado para recreação durante as festas de Halloween.

Outra alternativa de lazer possível graças aos ambientes naturais da unidade é a prática de esportes aquáticos. No grande lago, situado em frente ao prédio central do empreendimento, os hóspedes podem escolher modalidades como caiaque, stand up paddle e pesca esportiva. No local há também um catamarã, onde são realizadas algumas comemorações, mas que está desativado pois passa por uma reforma geral. A previsão de entrega é para daqui 45 dias. 


Uma das piscinas do hotel, com a vista do lago ao fundo

Além desta mudança, o meio de hospedagem também está investindo na ampliação das atrações infantis, expandindo a área conhecida como Cidade dos Sonhos. O projeto deve ser finalizado no mês que vem e inclui a construção de novas salas para eventos. Ainda figuram nos planos de expansão do hotel a construção de um spa, planejado para ser entregue em outubro deste ano, e de um centro de convenções com capacidade superior a 1.700 pessoas.

Segundo João Francisco, diretor de Expansão Hoteleira da unidade, o objetivo da administração com todas essas novidades é atingir o status de melhor resort de São Paulo. A reportagem do Hôtelier News esteve Cesário Lange e traz detalhes das intalações do empreendimento paulista. 

Por Priscilla Haikal*


João Francisco, diretor de Expansão Hoteleira, e Cláudia Santos, gerente de Recepção do resort

Desde que trocou de nome, em outubro de 2009, o antigo Sabrina Resort promoveu inúmeras alterações estruturais e também modificou a oferta de serviços. Já no ano seguinte o local passou a funcionar no esquema all inclusive e incluiu o sistema de day use corporativo, que de acordo com Francisco, é um bom nicho de mercado pela fidelização dos clientes. Atualmente, o segmento de eventos representa 60% do público do hotel e o objetivo da unidade é aumentar essa participação em 20% até o final do ano. Para concretizar essa meta, o meio de hospedagem contratou o executivo Dênis Garibaldi, que na função de gerente de Contas, trabalha focado no mercado do interior paulista.

Os turistas da cidade de São Paulo são o principal emissivo do empreendimento, respondendo por quase 70% dos visitantes. No momento outros municípios do Estado têm registrado importante crescimento na procura pelo resort, conforme explicação de João Francisco. "Os viajantes de Santos representam 10% dos nossos hóspedes, número equivalente aos clientes de Campinas e Região. Outras localidades que têm tido boa representatividade são Piracicaba, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto", afirma. 

Sem revelar cifras, o diretor de Expansão Hoteleira disse que neste início de ano os resultados foram bastante positivos, atingindo o dobro dos valores contabilizados em 2013.


O prédio Palácio, projetado pelo arquiteto Álvaro Cortes

Acomodações   
Atualmente, o resort dispõe de 101 apartamentos divididos nas categorias Superior, Luxo, Super Luxo e Suíte Mavsa. Esta última, localizada no prédio Palácio, dispõe de dois quartos, sala de estar, copa, ducha, banheira e cama king size. Outro destaque entre as acomodações é o Bangalô, suíte luxo de 38 m² construída na copa de uma árvore, próximo ao lago principal da unidade.


Instalações do Bangalô, mais conhecido como a suíte da casa da árvore

O bloco Etoile é a estrutura de dormitórios mais nova do empreendimento, num projeto que abrange 94 apartamentos de 50 m² cada. Até o momento foram entregues 21 quartos, e a segunda etapa das obras está prevista para ser concluída no Carnaval do ano que vem. 


A&B
Fartura parece ser a palavra de ordem no setor de Alimentos e Bebidas do Mavsa. O local possui uma cozinha industrial com todos os equipamentos necessários para preparar e abastecer grandes eventos. Num dia de alta ocupação, com aproximadamente 300 pessoas, Eduardo Barreiro, chef da Confeitaria e da Padaria, explica que são preparados três quilos de pães especiais, outros três de pães doces, e quatro quilos de mini-pães. São mais de 80 itens no café da manhã, entre roscas, bolos e croissants, além de tapiocas e omeletes feitos na hora, conforme o pedido do cliente.


O chef Eduardo Barreiro, que superviosa a padaria e confeitaria do hotel

A noite, a variedade de opções gastronômicas continua no Lac D’or, principal restaurante do empreendimento. Os hóspedes podem provar os pratos do tradional bufê, que inclui saladas, carnes e massas, bem como diferentes receitas da culinária japonesa, num espaço decorado com elementos nipônicos. No jantar ainda é possível experimentar os variados sabores de pizzas preparados no forno a lenha da unidade, que fica instalado no próprio salão, onde um pizzaiolo procura atender aos mais inusitados pedidos dos visitantes.  

O meio de hospedagem também possui outro restaurante, o Kaluanã, num espaço mais indicado para a realização de eventos ao ar livre, como churrascos e festas temáticas, além do Aram Bar, localizado na área onde funciona a piscina aquecida.


Lazer e eventos
As atividades recreativas no resort começam cedo, por volta das 8h, quando a equipe do hotel aguarda os pequenos para o café do pijama. A programação segue por todo dia e inclui brincadeiras como mãe da rua, ritual do anel, biribol, vôlei de areia, oficina de hip hop, shows e peças de teatro. Para adolescentes e adultos as opções também são variadas, e abrangem futebol society, bingo show, arvorismo, tirolesa no lago, arco e flecha e hidro recreativa. 

Atualmente, o espaço de eventos da unidade, que dispõe de seis salas diferentes, está em reforma, e a mudança da fachada está sendo sendo inspirada numas das principais referências da arquitetura barroca da capital paulista, a Faculdade de Direito do Largo São Francisco. Também está sendo feita a troca do piso e a renovação da pintura, e a previsão é que em 45 dias a renovação seja concluída.

Serviço
www.mavsaresort.com

*A reportagem do Hôtelier News viajou a Cesário Lange a convite do Mavsa Resort Convention & Spa

Comentários