Montevidéu: conheça algumas atrações da capital uruguaia

Vista da cidade de Montevidéu, no Uruguai (fotos: arquivo HN/Peter Kutuchian) Vista da cidade de Montevidéu, no Uruguai (fotos: arquivo HN/Peter Kutuchian)

Montevidéu é menos badalada e menos agitada do que outras capitais latinas visitadas por brasileiros, como Santiago (Chile) e Buenos Aires (Argentina). Sem muito agito, com ruas calmas e com trânsito pesado apenas no horário do rush. Não significa, no entanto, que ela seja menos interessante do que suas hermanas. Fundada pelo governador e capitão de Río del Plata Don Bruno Mauricio de Zabala entre 1724 e 1730, tornou-se capital do recém-independente Uruguai após a Guerra da Cisplatina (1825-1828). Deste início, restam preservados edifícios como o Cabildo e a Iglesia Matriz, que se misturam com construções modernas, como é o caso do complexo Torre de las Comunicaciones, sede da empresa estatal de telecomunicações do país. Um dos passeios que vale a pena fazer é andar pela rambla, a via costeira que acompanha os mais de 30 quilômetros de costa da cidade e com certeza um dos cartões postais de Montevidéu. Em visita à cidade para conhecer o InterCity local, a reportagem do Hôtelier News conferiu algumas das atrações da capital uruguaia, como Igreja das Carmelitas, Rosedal, um jardim de rosas, criado pela Associação Uruguaia da Rosa, a Fortaleza del Cerro, o famoso Teatro Solis, além da bodega Bouza. O resultado está nas fotos abaixo: Serviço www.uruguaynatural.com  

Comentários