Motel 6 (EUA) enfrenta novas acusações de compartilhamento de informações pessoais de clientes

A cadeia norte-americana Motel 6 está enfrentando novas acusações de ajudar os agentes de imigração e alfândega dos Estados Unidos com o repasse de informações de clientes para a identificação de imigrantes indocumentados. 

Bob Ferguson, procurador-geral do estado de Washington, acusou a cadeia hoteleira de violar as leis de privacidade e discriminação. De acordo com uma queixa arquivada em 3 de janeiro, o empreendimento divulgou nomes, números de identificação, aniversários, entre outros dados, que levaram a detenção de seis indivíduos.

Esta nova denúncia vem menos de quatro meses após o Motel 6, que foi adquirido pelo Grupo Blackstone em 2012, descartar alegações que eram semelhantes no Arizona. Na época, a empresa disse que a divulgação de informações de convidados era uma prática local.

Ferguson alega que o Motel 6 treinou novos funcionários para compartilhar nomes com autoridades de imigração sem que essas autoridades produzissem um mandado. Também disse que, de 1 de fevereiro a 14 de setembro do ano passado, a cadeia revelou informações privadas às autoridades de imigração 228 vezes em 225 dias.

* Foto de Capa: Divulgação/Motel 6

Comentários