Publicidade
Ter 14 Jan 2014

Trícia Neves: Cliente nem lembra que precisa; você o faz lembrar

PTriciaNeves_140114 Trícia Neves (foto: divulgação)

O conceito de hotelaria de luxo vinculado ao status, ao cardápio caro, ao chef reconhecido internacionalmente e aos lençóis de 800 fios continuará existindo para atender aos desejos dos seres humanos de se sentirem melhores, mais ricos, mais felizes e, é claro, poderem contar tudo isto aos seus amigos e ‘seguidores’. As mudanças do mundo, que está cada vez mais urbano e conectado, trazem consequências como trânsito, poluição e ruídos constantes - das cidades e dos gadgets continuamente ligados. E também pessoas cada vez mais cansadas, superatarefadas e com pouco tempo para si mesmas se hospedando em nossos hotéis. Neste novo contexto, passamos a considerar luxo tudo aquilo que nos é precioso e escasso, como o silêncio, o tempo e a desconexão do agito. E ser capaz de oferecer momentos que permitam ao cliente usufruir destes luxos é papel de toda a hotelaria e não, somente, dos hotéis de lazer. Inclusive, arrisco dizer que os hóspedes corporativos valorizam ainda mais estes serviços. Para aplicar o novo luxo no seu negócio, repense a experiência dos seus clientes e entenda quais emoções estão envolvidas em cada momento da hospedagem. A música ambiente e a iluminação podem influenciar no astral do lugar e das pessoas. Revise a comunicação com os hóspedes sugerindo momentos de descanso e desconexão. O hotel Emiliano em São Paulo, por exemplo, ao apresentar seu spa lembra que “luxo é ter tempo para se cuidar”. Alimentar-se com saúde e conhecer as funções dos ingredientes é uma tarefa difícil e muito valorizada atualmente. Conte a receita dos pratos e explique o poder do limão colocado no preparo, por exemplo. Ou recomende o suco verde detox pela manhã! ;) Garanta o silêncio! É obrigação de um hotel que o apartamento seja silencioso, não somente através de isolamento acústico de paredes, portas e janelas, mas, também, sem aqueles barulhos indesejáveis de funcionamento do minibar e do ar-condicionado. E lembre-se de adequar os horários de limpeza dos apartamentos e controlar as conversas da equipe nos corredores. Proporcione um local agradável para práticas de meditação ou, simplesmente, para que o cliente possa aproveitar o silêncio e a paisagem. Ou ainda, ao final da tarde, transforme o apartamento e ofereça um chá, um escalda-pés, um aroma relaxante ou uma música que o faça lembrar de reservar um tempo para cuidar de si. O novo luxo está nos detalhes e os detalhes estão nos seus olhos e nas suas mãos! Aja, use-os a favor do seu negócio e transforme o seu hotel em um local agradável e sensível às tendências do mundo moderno e às necessidades dos seus clientes (que eles nem percebem que precisam, mas valorizarão que você percebeu)! *Trícia Neves é sócia-diretora da Mapie, empresa que elabora, implanta e desenvolve processos de gestão, além de pensar estrategicamente na estruturação e criação de novos negócios. Pautada pela integridade, ética, transparência e sustentabilidade, apresenta em sua plataforma de gestão metodologias sólidas e inovadoras. O conhecimento organizacional e a otimização dos recursos humanos e financeiros são facilmente demonstrados através da verificação dos resultados alcançados, os quais norteiam seu modelo de remuneração. Contato tricianeves@mapie.com.br www.mapie.com.br  

Comentários

Contato

Telefone : (11) 3253-9762

Celular/Claro : (11) 976-527-506

Celular/Claro : (11) 976-536-848

redacao@hoteliernews.com.br

Rede Sociais
Newsletter