Publicidade
Qua 26 Jul 2017

Uruguai supera recorde de recebimento de turistas no primeiro semestre do ano

O Ministério do Turismo do Uruguai celebra o recorde alcançado pelo destino no recebimento de turistas no primeiro semestre do ano. Mais de dois milhões de viajantes passaram pelas fronteiras do país, representando um aumento anual de aproximadamente 25%, o melhor desempenho em 30 anos, desde que são realizados os controles estatísticos. "É uma cifra realmente extraordinária", observou Liliam Kechichian, ministra do Turismo do Uruguai.

No primeiros seis meses de 2017 chegaram ao Uruguai mais turistas que o mesmo período do ano anterior. Esses visitantes passaram mais dias e gastaram mais, aproximadamente US$ 1,5 bilhão, 39,1% de aumento em relação a cifra de US$ 1.035 bilhão durante o mesmo período de 2016. Para dimensionar a importância desses recordes para o país, nos mesmos seis meses o faturamento do setor foi quase o dobro dos rendimentos adquiridos com a exportação da soja, US$ 765 milhões.

"A isso soma-se os benefícios impositivos que o turista estrangeiro recebe ao ingressar no país. No meu ponto de vista um fator essencial esse aumento", completa a ministra.

Hotelaria é destaque Entre janeiro e junho o gasto por turista foi de US$ 682,4 (aumento de 11,5% referente a 2016), alcançando a marca diária de US$ 105,8 (crescimento de 3,4% ano). O setor hoteleiro foi o que mais faturou representando 33,9% ou US$ 448,4 milhões, logo após alimentação com 27% (US$ 388, 8 milhões) e compras com 13,1% e alcance de US$ 189 milhões.

Na hora de escolher onde passar a noite a maioria dos visitantes opta por hotéis. No total 721.133 turistas buscaram por esse tipo de hospedagem (total de 34,1%) durante esse período de 2017. Seguido vem a casa de amigos ou familiares, com 484.615 visitantes (22,9%), e em terceiro lugar os imóveis alugados com 20,5% do total.

O período de permanência no país passou da média de 6 dias nos seis primeiros meses de 2016 para 6,5 no mesmo período em 2017. Em sua maioria, os destinos mais visitados foram Punta Del Este e Montevidéu, 22,7% e 22,8% respectivamente. O litoral termal foi o terceiro destino com maior procura concentrando 14,2% dos visitantes. E a região costeira do departamento de Rocha ficou em quarto lugar com 7,8% da preferência dos turistas.

Já é tradição o recorde da nacionalidade que mais visita o Uruguai estar com os argentinos, somente nos primeiros seis meses do ano estiveram no pais aproximadamente 1,5 milhão deles, aumento de 32,6% se comparado ao mesmo período de 2016. Essa alta pode ser explicada pelo fortalecimento do peso argentino frente ao valor da moeda uruguaia. Sete de cada 10 turistas estrangeiros vem de lá. O Brasil segue como segundo no ranking com 240.939 visitantes. E o terceiro lugar é do próprio Uruguai com os cidadãos que moram no exterior, durante o primeiro semestre foram 147.426 visitantes que voltaram ao país (6,9% do total).

Mas quando apontado pelas estatísticas quais as nacionalidades que mais gastaram, o primeiro lugar fica com o Paraguai, onde o gasto médio diário por cidadão foi de US$ 138,6, em segundo estão os chilenos, com US$ 123,7% e em terceiro o Brasil, com a média de US$ 120,7 gastos diariamente por pessoa no Uruguai.

Ainda que não existam dados oficiais referente ao registro e desempenho do turismo durante as férias uruguaias de inverno, a Ministra do Turismo, Kechichiam diz que não tem uma visão negativa, ainda que o recesso das aulas publicas estejam mais curtos. “Os diretores de turismo departamentais nos informaram que Colônia Del Sacramento e Punta Del Este obtiveram taxa de ocupação de 80% ”, reforça a Ministra.
 
* Crédito da foto: Pixabay/NoeliaDeMaria

Notícias Relacionadas

Comentários

Contato

Telefone : (11) 3253-9762

Celular/Claro : (11) 976-527-506

Celular/Claro : (11) 976-536-848

redacao@hoteliernews.com.br

Rede Sociais
Newsletter