Publicidade
Qui 19 Jan 2017

Veja cinco tecnologias que devem ser destaque na hotelaria em 2017, segundo especialista

Imagem ilustrativa (Pixabay/Pixies)

Jos Schaap, CEO e co-fundador da Stay N´Touch, empresa especializada no desenvolvimento de softwares para hotéis, listou as cinco tecnologias que devem ter o seu lugar garantido na indústria hoteleira em 2017. Schaap fundou a Stay N´Touch movido principalmente pela ideia da reinvenção da tecnologia PMS na hotelaria, tornando-a mais simples, móvel e compatível com o armazenamento em nuvem. Confira.

1 - Tecnologia sem fio 5G Em um primeiro momento, essa possibilidade está mais próxima de se tornar realidade em 2018, mas ainda assim, quando o 5G alcançar um mercado mais amplo, certamente terá um enorme efeito na hotelaria. A tecnologia é 100 vezes mais rápida que o 4G. O 5G promete revolucionar o entretenimento no quarto, conectando os sistemas, tornando a infraestrutura wireless do hotel desnecessária e a fibra ótica redundante.

2 - Conservação de energia
A grande tendência atualmente é que hotéis de todo o mundo e grandes companhias sejam cada vez mais conscientes na utilização de energia. A Eco-Consciência abrange desde a iluminação, o consumo responsável de água e a reciclagem dentro dos empreendimentos podendo ser incentivada por meio de recompensas para hóspedes que aderirem e respeitarem as políticas sustentáveis de cada hotel. Hotéis que implantam soluções sustentáveis têm obtido êxito na otimização de suas receitas.

3 - Escutas sociais
Atualmente é grande o número de pessoas que possuem contas em redes como Facebook, Instagram, Twitter, entre outros. Esse fenômeno motivou grandes empresas hoteleiras a investirem em tecnologia que "ouve" os reviews postados nos canais sociais acerca de estadas e experiências em hotéis. Embora possa parecer meio assustador no início, há de se considerar que, se as pessoas estão dispostas a compartilhar as suas experiências, a indústria, munida desses depoimentos, deve trabalhar no sentido de eliminar os pontos falhos apresentados e oferecer a partir daí, os melhores serviços.

4 - Lealdade X Fidelidade
A maioria das empresas ou redes de hotéis possui algum programa que, de alguma forma, visa manter a lealdade do cliente. No entanto, cada vez mais os hóspedes querem se sentir como parte de algo único e, quando se hospedam, esperam vivenciar experiências pessoais baseadas em dados pré-adquiridos pelos hotéis ou redes. Pontos podem não ser mais o suficiente para tornar o cliente leal e principalmente, em defensor de uma marca e seus serviços. Hoteleiros devem permanecer atentos às novas tecnologias de software que os ajudem no aumento da fidelidade de uma forma cada vez mais autêntica.

Também é recomendado pensar fora da caixa como fez a Kimpton Hotels, que entrega um peixe dentro de um aquário às crianças mediante solicitação. Este tipo de experiência gera cliente fiéis e sai das limitações de um programa de fidelidade tradicional.

5 - Tecnologia como facilitador de relacionamento
A tecnologia deve ser um facilitador para a operação. O uso de dispositivos móveis para a capacitação de colaboradores no sentido de conhecer os hóspedes, firmando um relacionamento "em que se chama pelo nome" é uma das promessas para 2017. O uso da tecnologia neste conceito fará com que os balcões deixem de ser uma barreira entre hotéis e hóspedes.

Serviço
stayntouch.com

* Crédito da capa: Pixabay/Pixies

Notícias Relacionadas

Comentários

Contato

Telefone : (11) 3253-9762

Celular/Claro : (11) 976-527-506

Celular/Claro : (11) 976-536-848

redacao@hoteliernews.com.br

Rede Sociais
Newsletter