';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

ABIH-SP prevê ocupação melhor no interior e no litoral do que na capital em julho

Por Redação 6 de julho de 2018

ABIH-SP - Bruno OmoriOmori: dólar alto estimula viagens domésticas

A ABIH-SP (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de São Paulo) fez projeções para a ocupação na hotelaria paulistana em julho, período de férias escolares. Segundo a entidade, devido à redução no número de clientes corporativos, a capital deve crescer apenas 1% no período frente a 2017. Para o litoral e o interior paulistas, a expectativa é melhor: expansão de 4% a 7%.

Hoje, de acordo com a ABIH-SP, o estado de São Paulo tem 182 mil apartamentos, entre hotéis, flats, condo-hotéis, resort e pousadas. Em abril, a hotelaria paulista obteve a melhor ocupação média para o mês desde 2013. O levantamento da entidade apontou ainda que o período de hospedagem também deve crescer em julho.

"Na capital e nos meios de hospedagens voltados para negócios no interior, a previsão de crescimento é de 1% de ocupação no período. Isso ocorre porque o próprio período de férias diminui a hospedagem corporativa, sobretudo em São Paulo", diz Bruno Omori, presidente da ABIH-SP. 

ABIH-SP: dólar alto

Na avaliação de Omori, a valorização cambial ajuda a explicar o crescimento previsto Para ele, com o dólar mais alto, o brasileiro deve privilegiar destinos nacionais nas viagens de meio de ano. Ontem (5), por exemplo, a moeda americana fechou o pregão na Bovespa cotado a R$ 3,93, maior patamar desde março de 2016.

"De qualquer maneira, continuaremos a investir em ações de marketing promocional durante jogos do Brasil e a acreditar na retomada da economia, principalmente no litoral e no interior de lazer", finaliza o presidente da ABIH-SP.

(*) Crédito da capa: pexels/Pixabay

(*) Crédito da foto: Filip Calixto/Hotelier News