';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Com Madrid em destaque, Europa tem bons índices em outubro, diz STR

Por Vinicius Medeiros 23 de novembro de 2018

O início do outono no Velho Continente foi marcado por bons resultados na indústria hoteleira. Em outubro, o setor registrou expansão nos três principais indicadores do setor. Destaque para duas cidades com forte apelo turístico no continente: Madrid e Amsterdam. Os dados são compilados pela STR.

Frente igual período de 2017, a ocupação na hotelaria europeia subiu 2,4% em outubro, fechando em 77,4%. Já diária média e RevPar subiram 6% (para € 116,15) e 8,6% (para € 89,89), respectivamente, na mesma base de comparação. Em agosto, em pleno verão europeu, os resultados também foram positivos.

Vale lembrar ainda que, em outubro, a hotelaria londrina também foi muito bem. Influenciado pela realização de jogos da NFL (National Football League), a cidade registrou a ocupação e o RevPAR mais altos em toda série histórica da STR.

STR - Amsterdam em outubroCidade holandesa teve três eventos de grande porte

STR: Madrid e Amsterdam

Impulsionado pelo segmento Mice (Meetings, Incentives, Conferences and Exhibitions), a capital espanhola teve alta nos três indicadores do setor. Realizado de 9 a 11 de outubro, o congresso farmacêutico CPhI Worldwide lotou os hotéis, elevando a demanda (room nights vendidos) em 7,4%. Em resultado, os níveis de RevPar foram os mais altos já registrados desde o início da série histórica da STR.

No geral, puxado pela alta na demanda, a hotelaria madrilenha apresentou expansão de 5,6% na ocupação na comparação anual. Em paralelo, o RevPar subiu 24,5% (para € 119,07), enquanto a diária média aumentou 6,2% (para € 138,88) na mesma base de análise.

Amsterdam teve três eventos espalhados ao longo do mês que proporcionaram impacto positivo na performance. São eles: Helitech International (de 16 a 18 de outubro), Offshore Energy Exhibition & Conference (22 a 24) e Amsterdam Dance Event (17 a 21). Em resultado, a diária média expandiu 3,2% (para € 158,87) e o RevPar avançou 1,8% (para € 134,96). Em contrapartida, a ocupação recuou 1,4%, para 84,9%.
 
(*) Crédito da capa: Vinicius Medeiros/Hotelier News

(*) Crédito da foto: baadu/Pixabay