';

"Bem-vindos ao nosso novo portal! "

Peter Kutuchian
Founder & CEO
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Cozinha: 4 dicas para a manutenção dos equipamentos do seu hotel

Por Redação 23 de março de 2020

Cozinha - dicas de manutençãoHotéis contam com diferentes equipamentos que demandam manutenção

O momento não está fácil, a hotelaria vem enfrentando sérias dificuldades em função da queda de demanda provada pelo coronavírus e vê no corte de custos um objetivo necessário. Ainda assim, a redução na ocupação abre oportunidade para os hotéis fazerem ajustes internos. Um bom exemplo é a manutenção da cozinha, que praticamente não para durante os períodos de maior movimento.

Cozinha: dicas

(1) Faça uso da equipe de manutenção do hotel

Dependendo se o restaurante é administrado por um hotel ou terceirizado, a participação da equipe de manutenção para trabalhos na cozinha pode estar incluída no contrato. Nesse caso, os gerentes devem aproveitar ao máximo essa possibilidade. O departamento de A&B (Alimentos & Bebidas) do hotel tem equipamentos com diferentes necessidades de manutenção. Embora as tarefas diárias de limpeza possam ser executadas pelos funcionários do restaurante, um técnico de manutenção qualificado é um diferencial para a manutenção de rotina do maquinário, ajudando a prolongar a vida útil do equipamento e diminuindo a probabilidade de avarias e reparos dispendiosos.

(2) Crie um plano de manutenção preventiva

Um plano de manutenção preventiva é um conjunto de procedimentos planejados que inclui limpeza, serviço e inspeções programados regularmente para manter o equipamento em condições ideais. Para desenvolvê-lo, analise os manuais dos equipamentos e colete informações sobre suas necessidades regulares de manutenção. Com essas informações, crie uma lista de verificação de tarefas que precisam ser concluídas diariamente, semanalmente, mensalmente, semestralmente ou anualmente. O benefício da criação de um plano de manutenção preventiva é que ele não apenas reduzirá os custos de operação do restaurante a longo prazo, mas ajudará a prolongar a vida útil do equipamento. 

(3) Acompanhe as garantias

A garantia é uma promessa do fabricante de fornecer serviços de reparo, manutenção, substituição ou reembolso do produto por um período de tempo específico. Desde que o equipamento do restaurante seja mantido e usado adequadamente, as garantias cobrem bastante coisas no caso de defeitos. A duração da garantia dependerá do contrato do produto e do fabricante. Mantendo o controle das garantias, os restaurantes do hotel podem aplicar custos de reparo ao fabricante, e não ao orçamento de manutenção. 

(4) Programe a manutenção em períodos de inatividade

Sem um plano de manutenção preventiva, é difícil saber quando um reparo é necessário. Portanto, é mais difícil agendar reparos de acordo com o restaurante em funcionamento. Programe tarefas de manutenção fora do horário normal de operação para reduzir a interferência no atendimento aos clientes. Além disso, agendar tarefas com antecedência ajuda os restaurantes a ficar dentro do orçamento de manutenção.

(*) Crédito da foto: Free-Photos/Pixabay​