Esperando 50 mil visitantes, Fispal Food Service apresenta 470 expositores e 1,5 mil marcas

fispalEvento paulista dura quatro dias

Feira direcionada aos mercados de gastronomia e alimentação, a Fispal Food Service realiza esta semana, em São Paulo, a sua edição de número 34. O evento é considerado o maior já realizado e tem expectativas otimistas de frequência. São esperados 50 mil visitantes entre proprietários de estabelecimentos de alimentação fora do lar, chefs, empresários e profissionais do segmento. Em 36 mil m², a ocasião reúne 470 expositores e 1,5 mil marcas.

"São empresas que representam toda uma cadeia. Marcas que fazem girar o segmento de alimentação fora do lar", resume Clélia Iwaki, diretora da Informa Exhibitions, organizadora do encontro. De acordo com a executiva, a frequência esperada tem como base o evento do ano passado, quando o resultado final foi considerado positivo. Entre os frequentadores e empresas expositoras estão presentes profissionais de todo o Brasil e de mais dez países. "Nosso foco ainda é desenvolvimento do marcado nacional. Mas temos muita gente de fora também", completa.

Questionada sobre a evolução do evento em relação a outras edições, Clélia aponta para o fortalecimento das atividades que disseminam conteúdo. Paralelamente à exposição de produtos, a Fispal promove algumas atrações de capacitação com especialistas no ramo alimentício. A maioria deles é gratuita e depende de um pré-cadastro para participação. "Esses eventos paralelos são para difundir conteúdo verdadeiramente útil para esses profissionais", pontua a dirigente.

Há também uma sequência de palestras com acesso exclusivo para empresários da alimentação. Essa atividade é chamada Fóruim Gestão à Mesa e traz cases de sucesso para dividir experiências. Outro ponto apontado pela diretora é a introdução de mais tecnologia no evento. 

Tanto as capacitações como a faceta mais tecnológica são aspectos ressaltados pela executiva como resultado de pedidos do público. "Algumas coisas da feira mudaram porque o perfil do consumidor mudou", argumenta a representante da Informa. De acordo com ela, a alteração de comportamento do consumidor final reverbera nas empresas e na organização em um movimento constante. 

Fispal Food Service: expositores

Para as empresas com estande no evento, o fluxo de visitantes que passa e a origem deles é o ponto a ser destacado. Walther Luís Petris, gerente de Negócios da catarinense Artico, classifica a feira como a principal do país. "É uma ocasião totalmente voltada aos negócios e está em São Paulo, principal capital empresarial do Brasil", aponta. Segundo revela o executivo, nem sempre as negociações são fechadas durante os dias de feira, mas muitos contatos preliminares são estabelecidos para oportunidades nos meses seguintes.

A companhia representada por Petris, é especializada em equipamentos de refrigeração e tem nas sorveterias seu principal cliente. Para o mercado de hotelaria, a Artico trabalha com as chamadas instalações comerciais, com geladeiras embutidas e câmaras fria.

Outra empresa presente na feira e que também atende hotelaria é a Toledo do Brasil. Fundada em São Bernardo do Campo (SP), a companhia é especializada em soluções de pesagem e atende meios de hospedagem com balanças e fatiadores para cozinhas. Os hotéis ainda não são muito representativos entre os clientes da empresa, mas no cronograma de ambições aparece entre os segmentos desejados.

"Atualmente atendemos alguns hotéis em São Paulo. Hotel Unique e algumas unidades Meliá estão entre eles", revela Alexandre Ramos, responsável por Soluções na empresa.

Para a Duas Rodas, o público em ascensão são os restaurantes. A empresa especializada em essências e insumos para a fabricação de sorvetes vem percebendo aumento no índice de restaurantes que querem fabricar o próprio seus próprios produtos.

A Fispal Food Service segue acontecendo no Expo Center Norte, em São Paulo, até a próxima sexta-feira (15).

(*) Crédito da foto: Fispal/divulgação

Comentários