Eventos trazidos pelo Visite São Paulo geraram R$ 6,6 milhões no primeiro semestre

Visite São PauloRepresentantes do Visite São Paulo e da SPTuris estiveram na coletiva

Em evento realizado hoje (9), o Visite São Paulo apresentou alguns números relacionados ao turismo de eventos da cidade no primeiro semestre. A associação monitorou dados como geração de receita em encontros e convenções realizados nesse período. As informações analisadas mostram que, nesse ínterim, aconteceram 10 eventos que haviam sido captados pela entidade, atraindo 11,4 mil participantes e gerando receita de R$ 6,6 milhões com os visitantes.

Também foram apresentados índices relativos à segunda metade da temporada. De julho a dezembro, com os eventos confirmados até o momento, serão realizados ao todo 28 encontros captados com o apoio da associação, com expectativa de atrair 55,2 mil participantes e gerar receita de R$ 41,9 milhões com visitantes.

Os eventos já confirmados até 2026 são 62 que, juntos, esperam público de 117 mil participantes e movimentação financeira de R$ 99,7 milhões. Os encontros chamados de captados são aqueles que não fazem parte do calendário oficial e chegam à cidade com o apoio Visite São Paulo. 

Visite São Paulo: ampliando relações

De janeiro a junho, a Visite São Paulo conseguiu contatar, internacionalmente, mais de 270 novas áreas, como medicina, aviação, odontologia, agronomia, esportes e seguros. "Ao todo, são 39 potenciais eventos ou grupos de incentivo mapeados de 2018 até 2023", afirma Fábio Zelenski, gerente do Visite São Paulo. "Nossa pesquisa é feita hoje para que possamos programar eventos a longo prazo", complementa.

Zelenski reforça que a estratégia para os próximos anos é realizar mais ações internacionais com o segmento MICE e obter mais parcerias com a Embratur.

2017 em números

No mesmo encontro, a organização reforçou alguns índices concernentes ao ano passado e compilados numa parceria com a SPTuris. De acordo com o material, em 2017, São Paulo recebeu 15,4 milhões de visitantes, 3,76% a mais de 2016, sendo 2,7 milhões de estrangeiros das mais diferentes nacionalidades. O mesmo período registrou ocupação de 64,9% na ocupação hoteleira da cidade. 

(*) Crédito das Fotos: Lucas Kina/Hotelier News

Comentários