HFN supera número de visitantes e planeja setorização para 2020

De Olinda, Pernambuco*

HFN- coletivaEdição 2020 contará com versão digital do evento

A segunda edição da HFN (Hotel & Food Nordeste) nem chegou ao fim e seus números já superam a edição anterior. No segundo dia de evento, o Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, recebeu mais de 11 mil visitantes, marca registrada em 2018. Com a cabeça em 2020, os organizadores adiantam que a feira sofrerá alterações em seu formato, adotando um modelo segmentado.

“Até ontem, recebemos mais visitantes do que em 2018 e ainda temos o dia de hoje para contabilizar. Este ano, procuramos colocar mais conteúdos para somar no evento, pois em uma feira de negócios as pessoas procuram por experiência”, inicia Tatiana Menezes, diretora da HFN.

Segundo a executiva, as mudanças para a próxima edição são demandas dos próprios expositores. Em 2020, a feira será dividida em três áreas: Hotelaria, Alimentação e Confeitaria, todas devidamente sinalizadas e diferenciadas. “Os expositores que pediram para começarmos a trabalhar neste formato. Com o crescimento da feira, é inevitável não setorizar”, explica Tatiana.

HFN: números

Na edição de 2019, aconteceram 12 eventos simultâneos, totalizando 79 palestras. Em 2020, a organização garante que todos os espaços e experiências serão mantidos e possivelmente novos serão adicionados. “Os conteúdos agregam valor ao público e atraem pessoas qualificadas. Os projetos continuarão em 2020 e talvez incrementaremos novos”, diz Tatiana.

Carol Baía, também diretora da feira, afirma que o setor de panificação e confeitaria é um dos que mais deve crescer na próxima edição. “Já temos marcas e pessoas que não participaram como expositores este ano interessados em entrar no ano que vem. Hoje, se uma feira oferece apenas estandes, o público não procura mais. Buscamos pensar fora da caixa”.

Com 250 empresas expositoras, o impacto econômico gerado até agora foi de R$ 325 milhões - enquanto a edição passada gerou R$ 250 milhões. Este ano, a Insight Feiras & Negócios investiu R$ 1,5 milhão na realização do evento.

Outra novidade é a feira virtual, uma plataforma que disponibilizará os conteúdos da HFN via mobile. “Os clientes que estão renovando com a gente já serão inclusos na versão digital. Quem está chegando também poderá fazer parte. A plataforma vem para somar, conectar. Será a feira na palma da mão”, salienta Carol.

A terceira edição do evento já tem data marcada para acontecer, entre os dias 4 e 6 de novembro de 2020, mantendo-se no Centro de Convenções de Pernambuco.

(*) A reportagem do Hotelier News viaja a Olinda a convite da HFN

(**) Crédito da foto: Nayara Matteis/Hotelier News

Comentários