';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

FBHA se reúne com ministro das Comunicações para incentivar o retorno do turismo

Por Redação 7 de agosto de 2020

FBHA - ministro das comunicaçõesAlexandre Sampaio, presidente da FBHA e Fábio Faria, ministro das Comunicações

A FBHA (Federação Brasileira de Hospedagem e Comunicação) segue sua luta em prol da retomada do turismo. Após reivindicar a inclusão do segmento na MP 975 (Medida Provisória), que institui o Programa Emergencial de Acesso ao Crédito, a entidade se reuniu na última quarta-feira (5) com Fábio Faria, ministro das Comunicações e Habib Chalita, presidente do SHRBS-RN (Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Rio Grande do Norte) com o objetivo de incentivar o retorno das viagens nacionais.

Representada pelo presidente Alexandre Sampaio, o encontro abordou a veiculação de vídeos sobre o Movimento Supera Turismo Brasil nos canais de comunicação da EBC (Empresa Brasil de Comunicação).

"Esta campanha busca a retomada segura das atividades do setor, levando em consideração a importância social, cultural e econômica do segmento. Queremos incentivar o consumo do turismo doméstico para superar esse hiato de negócios, pois entendemos que só uma ação deste porte ou o próprio mercado interno, que suprirá esta fase de transição para gerar receita", explica Sampaio.

FBHA: a campanha

A campanha foi criada, em conjunto, pela ABAV (Associação Brasileira de Agência de Viagens), Abracorp (Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas) e pela Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo). Atualmente, possui apoio nacional de diferentes entidades do setor, inclusive da FBHA.

Sampaio também explica que foi solicitado ao ministro a possibilidade de acesso às imagens de arquivo do Sistema EBC para montar outros vídeos da campanha Supera. "Pedimos, ainda, que ele viabilize a chancela da Agência Nacional do Cinema para permitir que os vídeos sejam transmitidos em canais abertos", pontua.

 

(*) Crédito da foto: Divulgação/FBHA