';

"Bem-vindos ao nosso novo portal! "

Peter Kutuchian
Founder & CEO
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

FIT Cataratas: Renovado, Luz Hotel (PR) estima ocupação média de 77% em 2018

Por Vinicius Medeiros 21 de junho de 2018

De Foz do Iguaçu (PR)*

FIT Cataratas - Higor GonçalvesGonçalves: estratégia comercial traz bons números

Inaugurado em 1992, o Luz Hotel passou em 2017 por uma ampla reforma, que abrangeu do lobby aos quartos. No total, foram gastos R$ 5 milhões nas obras, entregues este ano e que deixaram a unidade totalmente renovada. Com 123 apartamentos, o empreendimento já colhe bons frutos do investimento. Segundo Higor Gonçalves, gerente geral da propriedade, que fica em Foz do Iguaçu (PR), a ocupação média de 2018 deve chegar a 77%.

“E olha que o mercado tem uma sazonalidade marcante”, observa o executivo. “Atribuo o desempenho ao tempo de mercado que nós temos”, acrescenta Gonçalves, que dá detalhes sobre a diária média. “Na alta temporada, trabalhamos com uma tarifa de R$ 250, valor que cai para R$ 175 na baixa. Temos só uma categoria de quarto”, revela.

Com um público majoritariamente de lazer, o hotel recebe muitos clientes da região Sul e de São Paulo. “São hóspedes das classes B, C e também da D. Há ainda uma fatia importante de clientes que é da Argentina”, detalha Gonçalves. “Para melhor atender a esses hóspedes vizinhos, vamos reformar o restaurante, pois hoje só servimos café da manhã. Acreditamos que o turista sul-americano valoriza hotéis que servem pensão completa”, completa.

FIT Cataratas: vendas diretas 

Hoje, em termos de distribuição, o hotel tem 45% das vendas oriundas de reservas diretas. “Além do relacionamento que construímos no mercado, investimos bastante em publicidade no Google. Temos muitos clientes fidelizados, quem vêm uma vez e volta com a família, fechando diretamente conosco”, ressalta Gonçalves, que é gerente geral da unidade há oito anos. 

Ainda assim, as vendas via OTAs têm boa participação na hospedagem. “Correspondem a 25% das reservas. Para chegar a esse resultado, investimos em publicidade dentro dessas plataformas, caso do Booking, para ficarmos bem ranqueados. Tem sido uma combinação, junto com a estratégia de apostar nas vendas diretas, que vem funcionando”, finaliza Gonçalves.

(*) Crédito das fotos: Vinicius Medeiros/Hotelier News

(**) O jornalista do Hotelier News viaja a convite da organização