';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Fungetur libera segunda rodada de captação de crédito ao turismo carioca

Por Redação 28 de julho de 2020

fungetur - creditoEmpresas que necessitarem do auxílio deverão estar cadastradas no Cadastur

Buscando auxiliar empresas do setor turístico a passarem pela crise, o Fungetur (Fundo Geral do Turismo) liberou a segunda rodada de captação de crédito em parceria com a AgeRIO (Agência Estadual de Fomento) e Setur-RJ (Secretaria de Turismo do Estado do Rio de Janeiro). O aporte é vinculado ao MTur (Ministério do Turismo), que concedeu R$ 5 bilhões ao segmento no combate à pandemia.

Os recursos podem ser pleiteados por pessoas jurídicas e empresários individuais prestadores de serviços turísticos, elencados no art. 21 da Lei 11.771/2008, desde que façam parte do Cadastur. Caso o profissional ou a empresa não estejam cadastrados, basta acessar o site e realizar o registro. O crédito poderá ser solicitado no site da AgeRIO pelo link. Em seguida, o agente financeiro vai realizar a análise de risco e aprovação do volume de recurso pleiteado.

Segundo Adriana Homem de Carvalho, secretária de estado de Turismo do Rio, é uma oportunidade importante neste recomeço do setor. “Sabemos das dificuldades enfrentadas por todos os profissionais e empresários do turismo, um dos setores mais atingido pela pandemia. Entre os objetivos da liberação do crédito do Fungetur estão buscar a melhoria da infraestrutura turística, capital de giro, a geração de renda e o aumento da oferta de empregos diretos e indiretos, visando o desenvolvimento turístico e a redução dos impactos causados pela Covid-19”. 

Fungetur: financiamento

O Fungetur separou três categorias entre as possibilidades de financiamento: Aquisição de Bens (compra de máquinas e equipamentos diversos) ao qual as empresas poderão solicitar até R$ 10 milhões; Capital Fixo (obras civis para implantação, ampliação, modernização e reforma) até R$ 10 milhões e Capital de Giro (recursos de capital de giro para o dia-a-dia) até R$ 30 milhões.

A AgeRIO tenta desburocratizar ao máximo as solicitações com objetivo de facilitar o processo. No nosso site há todas as informações disponíveis para deixar tudo mais ágil. Vale ressaltar ainda, que nós temos uma concentração muito grande da nossa carteira de clientes voltada, exclusivamente, para o setor turístico – ressalta o Alexandre Rodrigues, presidente da entidade.

Entre as medidas determinadas pelo Fungetur estão a redução do teto de encargos de projetos (obras civis) e capital de giro de 6% e 7% para 5%a.a + INPC e o aumento da carência para capital de giro de 6 para 12 meses, com suspensão do pagamento de juros por seis meses, devendo o saldo ser capitalizado. As instituições financeiras credenciadas são a AgeRIO – RJ e CEF. 

(*) Crédito da foto: Rauten-Kauf/Pixabay