';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Hotel Vila Santa Teresa: a prova que o melhor marketing ainda é o boca a boca

Por Nayara Matteis 31 de agosto de 2020

Hotel vila santa teresa - oucpação- internaVila Santa Teresa fechou as portas em março

Com uma das vistas mais privilegiadas do bairro boêmio de Santa Teresa, o Hotel Vila Santa Teresa é uma das preciosidades escondidas na capital fluminense. Localizado em uma área de 80 mil metros quadrados e rodeado de muito verde, o empreendimento upscale é atrativo por muitas razões, mas seu perfil de refúgio urbano e porte pequeno vem atraindo hóspedes mesmo durante a pandemia.

Em agosto, a hospedagem chegou a atingir 80% de ocupação. Pode parecer um verdadeiro milagre diante do cenário atual que a hotelaria vive, mas quando lembramos que se trata de um empreendimento de apenas sete suítes, já não parece tão absurdo assim. E ao que tudo indica, os bons resultados se perpetuarão até o final do ano, pois o Vila Teresa não tem mais disponibilidade aos sábados e domingos das próximas cinco semanas.

“Assim que anunciamos a reabertura do hotel, fechamos diversas reservas para as suítes. E o primeiro semestre de 2021 já está com todos os finais de semana bloqueados para eventos”, diz Eva Monteiro de Carvalho, sócia do hotel. “Abrimos sem expectativas de como seria, mas no final de julho e início de agosto a aceitação foi incrível. As pessoas estão em busca de novos ares e, por dar a ideia de que não estamos na cidade ajudou bastante”, complementa.

A receita do sucesso? O bom e velho boca a boca. Segundo a empresária, desde a abertura em 2016, os próprios hóspedes são os melhores garotos-propaganda do Vila Teresa. “Antes trabalhávamos com o aluguel da propriedade até passarmos a abrir como hotel. Desde então nossos clientes sempre nos indicam”, explica. 

Eva ainda ressalta que o hotel mantém um perfil no Instagram para divulgação, mas que não investe em publicidade pela própria característica do local. “Somos pequenos e queremos ser um refúgio para os nossos hóspedes”. Apesar de não se preocupar com propaganda, o Vila Teresa está disponível nas principais OTAs como Expedia e Booking.com.

Uma das principais demandas do Vila Teresa são os eventos, em especial casamentos. Segundo Eva, a agenda de outubro está lotada. “São pequenos casamentos só com a família. Também realizamos lives em nosso jardim e encontros corporativos restritos”. Em tempos “normais”, a área chega a atender até 400 pessoas por evento. 

 Hotel vila santa teresa - oucpação- eva monteiroEva quer manter a proximidade com os hóspedes brasileiros

Hotel Vila Santa Teresa: perfil do hóspede

A pandemia trouxe além de altas ocupações uma mudança no perfil dos hóspedes. Se antes 80% dos clientes eram europeus, hoje a maioria são brasileiros, sobretudo do próprio Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.

“São pessoas que buscam um refúgio com muito verde e espaço para caminhar, tomar sol e, até mesmo trabalhar. Não são raros os casos de hóspedes que participam de reuniões virtuais na área da piscina, ao ar livre”, afirma Eva.

A empresária ainda afirma que, quando o mercado normalizar, pretende manter a proximidade com hóspedes brasileiros. “Para nós é importante que os brasileiros conheçam nosso empreendimento, até porque o próprio carioca muitas vezes não conhece”.

Com serviço personalizado, é possível customizar toda a experiência, até mesmo o menu. Por se tratar de uma hospedagem de luxo, a proprietária afirma que não alterou as tarifas. “Tivemos muito a discussão de tarifário, mas nossos custos fixos são altos pelo tipo de serviço que oferecemos”.

Protocolos de segurança

Para a reabertura, foram investidos mais de R$ 60 mil em um rigoroso protocolo de higienização do hotel, que inclui a esterilização de bagagens, roupas de cama e louças com luz ultravioleta e a sanitização das suítes por meio de um processo de ozonização de, no mínimo, 90 minutos. O empreendimento, que oferece apenas café da manhã, agora opera apenas em sistema à la carte.

(*) Crédito das fotos: Divulgação/Hotel Vila Santa Teresa