';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Marriott International mantém liderança global no pipeline de aberturas, aponta estudo

Por Vinicius Medeiros 27 de março de 2018

Marriott International - pipeline de aberturaA bandeira Fairmont é a de maior pipeline previsto na Marriott

O estudo "Global Construction Pipeline Trend Report" apontou a Marriott International como a rede de maior pipeline de aberturas global. Divulgado este mês pela LE (Lodging Econometrics), o levantamento mostra que a companhia tem 2.405 projetos confirmados, totalizando 400.822 quartos. Na sequência aparecem Hilton Worldwide (2.108 hotéis/315.603 acomodações), InterContinental Hotels Group (1.491 /224.239) e AccorHotels (809/151.416).

O resultado manteve o protagonismo no mercado da Marriott International, que também ficou na liderança no estudo anterior da LE, divulgado em dezembro. Ainda segundo o levantamento, as bandeiras dessas empresas com maior número de aberturas previstas são Holiday Inn Express (710 projetos /87.150 quartos), Hampton Inn & Suites (570/71.795), Fairfield (364 /38.986) e Ibis (156/23.863).

A nova versão do estudo apontou ainda que o pipeline global subiu 7% na comparação ano a ano, totalizando 12.631 empreendimentos (2.127.794 acomodações). Entre eles, 5.847 estão em construção (1.101.707 apartamentos), alta de 6% frente ao levantamento anterior. Hotéis com previsão de início das obras em 12 meses somam 3.744 unidades (548.876 quartos), expansão de 2%. Por fim, os projetos ainda fase de planejamento inicial totalizam 3.040 (477.211 aposentos), 17% a mais.

Pipeline de abertura por região

Com empresas americanas liderando o número de aberturas global, era de se esperar que a América do Norte protagonizassem a avaliação regional. No total, são 6.226 projetos, com 797.949 cômodos previstos. A seguir vêm a região da Ásia-Pacífico (4.231 empreendimentos/911.454 quartos) e o grupo chamado EMEA (Europa, Oriente Médio e África, na sigla em inglês), com 2.174 hotéis (418.391 apartamentos).

Na análise por país, duas nações concentraram 61% dos projetos previstos globalmente: Estados Unidos e China. Enquanto o primeiro tem previstos 5.151 hotéis e 623.695 apartamentos, o segundo conta com 2.519 empreendimentos e 560.664 unidades habitacionais.

Por fim, na avaliação por cidade, municípios americanos lideram a lista. São eles: Nova York (180 projetos/30.699 quartos), Dallas (149/17.860) e Houston (146/15.714). Os “invasores” no ranking dos cinco primeiros colocados são Dubai (143 hotéis/40.631 apartamentos) e Xangai (132/25.367).

(*) Crédito da foto: Divulgação/Marriott International