24% dos hotéis da América Latina têm reputação on-line ''invisível''

(imagem: mendesinternet.com.br)

Uma pesquisa da consultoria Vivential Value aponta que os meios de hospedagem latino-americanos ainda têm debilidades em relação às ações de marketing. Segundo o material, 24% dos hotéis analisados não têm opinião alguma de seus hóspedes publicada em sites da internet, o que os torna empreendimentos "invisíveis" perante ao mercado. Os dados são do Índice de Reputação On-line da Hotelaria em Destinos Urbanos da América Latina 2012 e foram compostos com mais de 541 mil opiniões de hóspedes que visitaram empreendimentos espalhados por 20 capitais da região. Sob perspectiva dos entrevistados, os hotéis latino-americanos têm média de reputação de 7,83 pontos, numa escala de 0-10. As cidades de San Salvador (8,18), Quito (8,12) e Bogotá (8,09) receberam as melhores avaliações. No caso dos empreendimentos que têm reputação on-line consolidada, 52% têm até dez comentários de clientes; e 79% têm menos de 50 opiniões, visto pelo material como uma "reputação instável". Cerca de 15% dos hotéis analisados tiveram nota entre 0 e 6 pontos, o que para a Vivential Value é sinônimo de uma "reputação insatisfatória". Já a grande maioria, 64%, aparece com pontuação de 7 a 8, o que a consultoria entende como "uma experiência neutra para o cliente". Os demais 21% tiveram valoração entre 9 e 10, o que mostra "uma experiência muito satisfatória para o cliente". O período de análise do material ocorreu no segundo semestre do ano passado, nas cidades de Assunção, Bogotá, Brasília, Buenos Aires, Caracas, Cidade da Guatemala, Cidade do México, La Habana, La Paz, Lima, Manágua,  Montevidéu, Panamá, Quito, San José, San Juan, San Salvador, Santiago do Chile, Santo Domingo e Tegucigalpa. Serviço www.viventialvalue.com

Comentários