25ª BNT Mercosul começa amanhã em Santa Catarina

Feira deve receber 5 mil profissionais do turismo

A partir de amanhã, a 25ª edição da BNT Mercosul recebe representantes do trade turístico, operadoras e agentes de viagens. A feira acontece nas cidades de Balneário Camboriú e Itajaí, em Santa Catarina. Neste ano serão 109 estandes, 16 a mais do que na edição passada, contabilizando mais de 300 marcas. 

Segundo Geninho Goes, diretor da BNT, a feira visa qualidade, submetendo os participantes a um processo de avaliação. O evento é o único do país que exige filiação ao Cadastur na inscrição dos agentes.  “Quando um agente de viagens vende um pacote ele é responsável pelos serviços que ofereceu e por este motivo é essencial que os profissionais sejam credenciados e qualificados”, pontua o diretor.

BNT Mercosul: atrações

O evento possui três momentos. O principal, que deve receber cerca de 5 mil pessoas, é a Feira de Negócios. Nos dias 24 e 25, a feira acontece no Centreventos, em Itajaí, e reunirá profissionais do turismo de 355 cidades, 21 estados e seis países. No ano passado, 5410 pessoas, de 21 estados e 288 cidades estiveram presentes na 24ª edição da BNT

Na manhã de sábado (25), é realizada a Rodada de Negócios em Balneário Camboriú. O momento consiste em conversas cronometradas para garantir que todos possam se conhecer e trocar contatos. Esta será a 4ª edição de Business Center na feira, que em 2018 contabilizou mais de 1,3 mil contatos. 

Por fim, a BNT Mercosul também promoverá capacitações para agentes de viagens. Serão nove salas do Centreventos que funcionam simultaneamente nos dois dias de evento, no período da tarde. As capacitações confirmadas para a 25ª edição são Blumenau, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Paraupebas, Rio Grande do Norte, São Paulo, Pernambuco, Parque Unipraias e Ministério do Turismo.

Além disso, quem participa da feira pode conhecer pontos turísticos da região. Os destinos disponíveis nesta edição são o Beto Carrero World, o Parque Unipraias, Cristo Luz e o Barco Pirata.

(*) Crédito da foto: Divulgação/ BNT Mercosul

Comentários