5 dicas para melhorar o trabalho da equipe de Governança

Governança

Atenção aos detalhes, trabalho e muita repetição. Esses são alguns dos desafios de quem trabalha na área de Governança, cuidando da limpeza e arrumação dos quartos e outros ambientes do hotel. São tantos procedimentos, obrigações e rotinas que, dessa maneira, falhas volta e meia acontecem. Como reduzir erros? De que forma é possível melhorar o rendimento da equipe? O que fazer para mantê-la preparada e motivada?

Para responder essas perguntas, a reportagem do Hotelier News conversou com uma das maiores especialistas no assunto. Presidente da ABG (Associação Brasileira de Governantas e Profissionais da Hotelaria), Maria José Dantas elencou boas práticas para implementar no hotel e no trabalho com a equipe de governança.

"Atualizar-se é necessário em qualquer profissão, principalmente no ramo hoteleiro. Meu recado, tanto para as linhas operacionais, quanto de liderança, é que esses profissionais busquem sempre o melhor de si e bons equipamentos. São esses ferramentais e o incentivo que transformarão o trabalho", avalia.

Dicas para equipe de Governança

Em cima do bate-papo com Maria José Dantas, a reportagem do Hotelier News compilou cinco dicas para manter a equipe de Governança sempre preparada e motivada. Veja abaixo:

(1) Paciência: dominar o que se faz e ser confiável em qualquer situação é atribuição das lideranças. Portanto, fazer com que este capacite os contratados é um bom caminho. Ele também deve ajudar os novos atendentes a aprenderem noções básicas de segurança, relações com os hóspedes e uso adequado dos recursos do hotel.

(2) Percepção: colocar-se no lugar do hóspede é o primeiro passo nesse tópico. Observe o que acontece ao seu redor. Exemplo: note os hábitos de alimentação do hóspede para que assim consiga personalizar o serviço na área de gastronomia.

(3) Treinamento: para capacitar um estagiário, por exemplo é mais proveitoso passar o trabalho para o mais bem gabaritado. Assim, o hotel demonstrará sua preocupação com a excelência operacional e, possivelmente, superará as expectativas dos hóspedes.

(4) Metodologia: não existe uma fórmula específica, pois muitas são as realidades operacionais de cada hotel. Apenas entenda que nortear esse trabalho é o primeiro passo para que haja sucesso na relação da equipe consigo mesma e com os hóspedes.

(5) Inspeções frequentes: hotéis que não fazem isso nos quartos após a limpeza, por muitas vezes, têm menor satisfação do hóspede. Apartamentos atendidos por novatos ou funcionários de baixo desempenho devem ser inspecionados por um gerente ou instrutor master. Apresente os erros prontamente ao colaborador e explique melhor os procedimentos para que não cometa mais equívocos.

(*) Crédito da capa: FranckinJapan/Pixabay

(**) Crédito da foto: Felipe Lima/Hotelier News

Comentários