5 dicas para seu hotel se prevenir contra furtos no lobby

FurtosBlanc é especialista em segurança e CEO da SegurHotel

Furtos no lobby. Assunto delicado, não? Mais do que render boletins de ocorrências e até processos judiciais, esses casos afetam a imagem de qualquer hotel. A realidade é que, por mais que a segurança se esmere, é muito difícil zerar o número de ocorrências. Tecnologias como sistemas de reconhecimento facial ajudam, mas na ausência desses equipamentos, o que fazer?

O Hotelier News foi ouvir Inbal Blanc, especialista em segurança e CEO da SegurHotel, para saber como a hotelaria pode se prevenir. Um dos idealizadores do curso HRCM (Hotel Risk & Crisis Management), Blanc elencou seis dicas rápidas e simples para qualquer hotel adottar. “O objetivo é eliminar processos e ser eficiente mesmo quando o hotel não dispõe de dispositivos avançados de segurança”, explica.

Furtos no lobby: como prevenir?

Veja abaixo a lista das cinco práticas recomendações dadas por Blanc para reduzir as ocorrências de furtos no lobby: 

1ª dica: trabalho preventivo

Envolva as equipes da Recepção e Segurança, além dos mensageiros, em reuniões. Esses profissionais precisam entender o perigo que casos de furto representam. Mais ainda, devem compreender a necessidade de pensar maneiras de lidar com as ocorrências. Nessas horas, planejamento é essencial para ser rápido e até mesmo prever esse tipo de acontecimento.

2ª dica: crie uma política recolhimento de bagagem

Malas, mochilas e afins podem ser usados como disfarce para uma surpresa desagradável. Por isso, é recomendável ser atento e retirar tais objetos do local pode evitar situações de estresse.

3ª dica: bagagem em um espaço reservado no lobby 

Para dias de maior movimentação, este tipo de processo pode, além de organizar o local, dar maior controle da situação para o colaborador, seja o mensageiro ou membro da equipe de segurança.

4ª dica: crie processo para o carrinho de bagagem

Outro tipo de ação que previne o hotel de eventuais furtos é nunca deixar o carrinho cheio de malas. Outra recomendação é evitar deixá-lo sem um funcionário controlando a retirada da bagagem. É nessas horas que os ladrões se aproveitam.

5ª dica: abordar pessoas suspeitas 

A ideia aqui é entender a situação e esperar a hora correta para abordar pessoas com atitudes estranhas. Um hóspede, por exemplo, não ficaria tanto tempo parado em um lobby, ensina Blanc.

(*) Crédito da capa: Josh Wilburne/Unsplash

(**) Crédito da foto: Peter Kutuchian/Hotelier News

Comentários