Abav Expo: Local Cave cria ferramenta para compilar informações de hóspedes

Local CaveSouza, Tagliari e Franklin: foco na hotelaria independente

Três amigos e o desejo de fazer algo diferente. Foi assim que começou a história da Local Cave, startup formada pelos cariocas Pedro Franklin (25), Rodrigo Tagliari (24) e Vinicius Cezar Souza (25). Formados em Engenharia de Produção pela UFF (Universidade Federal Fluminense), largaram seus empregos e após experiências em intercâmbios, criaram um software de check-in que visa mostrar ao hoteleiro quem são seus hóspedes.

O sistema funciona como um banco de dados interno que capta informações sobre os hóspedes na entrada deles. A primeira utilização foi num pequeno hostel no Rio de Janeiro. Nessa experiência, a aplicação já implementou sua fórmula, incluindo na ficha de check-in perguntas ao questionário base. 

Um dos criadores, Franklin, explica que o Local Cave é um instrumento "psicodemográfico". Ou seja, é uma ferramenta que analisa e identifica o público que chega ao hotel por localidade de origem, interesse da viagem e idade. 

Local Cave: atuação no mercado e futuro

Na base de clientes, a Local Cave tem até o momento 21 hotéis de pequeno e médio porte. Distribuídos em 15 cidades do país, a lista inclui destinos como São Paulo, Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu (PR), Salvador e Florianópolis. 

"Nosso foco maior será em hotéis independentes e pousadas nesse começo. Isso acontece porque enxergamos uma grande demanda desse tipo de serviço no caso das unidades do segmento", explica Souza.

As informações foram apuradas durante a Abav Expo, que termina hoje (28), em São Paulo.

(*) Crédito da foto: Lucas Kina/Hotelier News

Comentários