Abear: demanda aérea doméstica abre 2019 com alta de 3,31%

Abrea demanda domésticaGol liderou a demanda doméstica; Latam teve maior share internacional

A demanda aérea doméstica abriu 2019 com alta de 3,31% em relação a janeiro de 2018. Em paralelo, a oferta de voos subiu 4,08% na mesma base de comparação. Os dados integram balanço divulgado hoje (27) pela Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas). Já a ocupação encerrou o período em 84,09%, 0,63 ponto percentual inferior ao primeiro mês do ano passado

No total, foram realizadas 8,9 milhões de viagens domésticas em janeiro, com crescimento de 2,41% na comparação anual. O montante representa ainda acréscimo aproximado de 200 mil viajantes. Em 2018, empresas brasileiras transportaram 102,4 milhões de passageiros.

As estatísticas da Abear incluem dados de operação das empresas Avianca, Gol, Latam e Azul, fundadoras da entidade. A partir desse mês, a Map e a Passaredo, associadas em setembro, também integram os dados. Com esse conjunto, a associação 99.9% do mercado doméstico nacional. 

A Gol fechou janeiro com a maior participação no transporte de passageiros doméstico. Ao todo 3.265.693 de passageiros viajaram com a empresa, representando 38,81% da demanda interna. Latam (com 29,84%), Azul (20%), Avianca (11%), Passaredo (0,22%) e Map (0,06%) vieram a seguir.

Abear: mercado internacional

Em relação à demanda internacional, a Abear verificou alta de 12,39% em relação a janeiro de 2018, com a oferta subindo 14,12% na mesma comparação. Já a ocupação nos voos para o exterior das empresas aéreas integrantes da entidade fechou o mês em 84,39%. O resultado significa recuo de 1,3 ponto percentual na análise anual.

No total, 965 mil passageiros fizeram viagens internacionais com empresas brasileiras. O contingente é 5,72% maior do que o registrado em igual período do ano passado, o que representa cerca de 50 mil viajantes adicionais.

No mercado internacional, a empresa aérea que teve a maior participação foi a Latam, absorvendo 64,6% da demanda. Em seguida aparecem a Azul (14,77%), Gol (13,27%) e Avianca (7,36%).

(*) Crédito da foto: luxasbieri/Pixabay

Comentários