Abear: demanda por voos domésticos cresce 6,58% em fevereiro

Abear-voos domésticos-fevereiroVoos internacionais tiveram alta de 8,82% no mesmo período

Ontem (21), a Abear (Associação Brasileira de Empresas Aéreas) divulgou um levantamento referente ao transporte aéreo nacional em fevereiro. No período, a demanda por voos domésticos cresceu 6,58% frente igual período em 2018. Foi o 24º mês consecutivo em que o indicador aumentou.

Por outro lado, mesmo que um pouco menor, a oferta no mesmo cenário teve seu 20° acréscimo seguido. O índice chegou a 3,83% mais que no mesmo período no ano passado. Por conta disso, a relação oferta e procura ocasionou um aprimoramento de 2,12 pontos percentuais (p.p), chegando a 82,46% em fevereiro.

Portanto, mais de 7,4 milhões de viagens foram realizadas em território nacional durante o mês em destaque, com volume de passageiros superior 7,76% (530 mil adicionais) ao ano passado. A estatística inclui as empresas Avianca, Azul, Gol, Latam, Map e Passaredo. As companhias aéreas representam 99,9% da malha aérea do Brasil. 

É possível também somar os meses de janeiro, quando a demanda foi menor, e fevereiro, comparando ao mesmo período em 2018. Nesse ponto de vista, identifica-se uma alta de 4,73% na demanda, 3,97% na oferta e um total de 16,3 milhões de voos concluídos. Isto, portanto, corresponde a um incremento de 4,77% no número de passageiros, ou pouco mais de 740 mil.

Abear: cenário internacional

Fora do país, a operaçãos das associadas Abear abrangem cerca de 30% das operações aéreas iinternacionais envolvendo o Brasil. A parcela restante é de empresas de bandeira estrangeira.

A demanda por transporte aéreo internacional entre as empresas brasileiras cresceu 8,82% em fevereiro. O resultado foi considerado positivo pela associação, mas dá fim a uma sequência de 14 meses em alta de dois dígitos. Virando a página, o aumento levantado pela oferta foi de 13,08%.

Com a diferença entre os resultados, houve uma sensível piora de 3,12% no aproveitamento de operações, que foi de 79,74%. O total de viajantes chegou a pouco mais de 815 mil, indicando acréscimo de 3,08% (24 mil) em passageiros adicionais.

(*) Crédito da foto: Gerrie van der Walt/Unsplash

Comentários