ABIH-BA: hotelaria de Salvador registra alta de 18,07% do RevPar

ABIH-BA - resultados de setembro SalvadorEm setembro, ocupação média foi de 62,8%

A hotelaria de Salvador apresentou, em setembro, bons indicadores, apontam dados da ABIH-BA (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis). Frente a igual período de 2017, a ocupação cresceu 8,2%, atingindo uma média de 62,8%. Já a diária média e o RevPar avançaram 2,65% (para R$ 213,85) e 18,07% (para R$ 134,30), respectivamente.

No acumulado de 2018, a ocupação média da cidade é de 61,29%, alta de 12,39% em relação aos primeiros nove meses de 2017. Em paralelo, a diária média permaneceu estável, a R$ 228,71, enquanto o RevPar cresceu 12,59%, na mesma base de comparação. No período analisado, o indicador pulou de R$ 124,51, em 2017, para R$ 140,18 este ano.

Analisando os dados acumulados de 2018, percebe-se uma ligeira evolução. Até agosto, a média de quartos vendidos era de 61,1%. Enquanto isso, a diária média beirava a estabilidade, recuando 0,29%.

“Os resultados revelam que estamos mantendo a tendência de crescimento. Contribuiu para esse desempenho a intensificação do trabalho da ABIH-BA em divulgar o Destino Salvador nos principais mercados emissores da América Latina”, destaca Glicério Lemos, presidente da entidade.

ABIH-BA: projeções

Lemos destaca, entre as iniciativas realizadas, a Rodada de Negócios. O evento reuniu empreendimentos hoteleiros, empresas de receptivo, bares e restaurantes, operadores de turismo do Brasil e América Latina. “Este ano, elaboramos também, o Fam Show para operadores de viagem, com o intuito de fortalecer ainda mais o turismo de Salvador”, acrescenta.

Projetando os próximos meses, o presidente da ABIH-BA enxerga um horizonte positivo. “Com o final do terceiro trimestre, o ano de 2018 está se consolidando para ter as melhores taxas de ocupação dos últimos cinco anos. Para o verão, a tendência é a de termos resultados ainda mais expressivos”, complementa Lemos.

(*) Crédito da foto: ferreiracleber/Pixabay

Comentários