ABIH-MG: hotelaria espera alta de 4% na ocupação de dezembro

ABIH-MGSanson: pacotes com alimentação inclusa são diferenciais para atrair turistas

Com a alta temporada chegando, o setor hoteleiro de Minas Gerais já está sentindo como será a demanda este ano. Segundo a ABIH-MG (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Minas Gerais), Belo Horizonte deve  registrar incremento de 4% na ocupação de dezembro frente ao mesmo período em 2018.

A cadeia da capital mineira vem aquecendo nos últimos meses, reflexo da procura de turistas pela cidade - que conquistou o título de Cidade Criativa na Gastronomia. O aumento da demanda também é fruto de mais opções culturais, eventos e festas no destino.

Guilherme Sanson, presidente da ABIH-MG, acredita que BH se sobressai entre lugares procurados por famílias que buscam alternativas para passar as férias, em especial turistas dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. “Casais e famílias que desejam um local que proporcione experiências únicas com variedade gastronômica, belezas naturais, cultura e história por um preço mais acessível, têm Belo Horizonte como uma referência, pois é um destino central com várias opções em cidades próximas, como as cidades históricas que permitem o turista ir e voltar no mesmo dia, Nova Lima e Serra do Cipó. No ano passado, neste mesmo período, o desempenho da cidade em relação a taxa de ocupação foi de 50,86%. Acreditamos que este mês, o número cresça 4%”, afirma.

De acordo com dados da Belotur, 32,3% dos turistas que a cidade recebeu em 2018 tinham a motivação de visitar os parentes. Já 41,2% dos visitantes eram oriundos do estado de Minas Gerais. Para Sanson, esses fatores evidenciam como a época reflete na demanda hoteleira. “O fluxo de turistas, que vem para BH com o objetivo de visitar a família nas festas de final de ano é considerável e reverbera na hotelaria principalmente através das festas e pacotes de Réveillon nos hotéis”.

ABIH:MG: pacotes e serviços

Um dos principais atrativos são as comemorações de final de ano, ceias e pacotes especiais para a época. “Pacotes com alimentação inclusa, cardápios inspirados pela data e uma decoração que encante o hóspede e transmita a magia deste período são diferenciais que podem e estão sendo incorporados pelos hotéis em suas dinâmicas para atrair cada vez mais turistas e atender aos clientes que moram na capital”, diz o presidente.

Um exemplo é o Intercity Belo Horizonte - que está com boas expectativas para o Réveillon. Este ano, o empreendimento oferece ceia completa com música ao vivo, queima de fogos, pernoite e café da manhã.

“A confraternização de Réveillon deste ano será ainda mais elegante e memorável. Nossos hóspedes irão aproveitar a festa em dois momentos com muita música ao vivo e um ambiente descolado. Primeiro, teremos um jantar especial elaborado com delícias gastronômicas pelo renomado chef Manoel Pereira, ao som da banda Duo Tchêrais. Após este momento, nossos hóspedes irão aproveitar ao máximo a chegada do novo ano com DJ, música ao vivo, barman para a preparação de drinks especiais e o principal, a queima de fogos de artifício, com duração de 10 minutos na piscina do hotel”, explica Rodrigo Cançado, diretor da unidade

(*) Crédito da foto: Divulgação/ABIH-MG

Comentários