Ação da marca Westin transforma roupas de cama em pijamas infantis

westin pijamsaAção faz parte dos esforços da rede em fazer a hotelaria mais útil para a sociedade

Desde o ano passado em busca de ideias que tornem os hotéis mais úteis no âmbito social, a marca Westin desenvolveu um projeto para reutilizar enxovais. A proposta consiste na transformação de roupas de cama, que seriam descartadas, em pijamas que serão entregues a crianças carentes.

Cerca de 50 hotéis da bandeira espalhados pelo mundo aderiram ao projeto e, em cinco meses, enviaram aproximadamente 13 toneladas de enxoval. Para viabilizar a transformação, a rede acionou empresas parceiras que tornaram a ideia possível. A principal delas foi a Venables Bell & Partners, que trabalhou para conceber e projetar o pijama, com cores especiais e ilustrações. 

Tudo foi possível a partir de processo de upcycling, desenvolvido especificamente para este programa. Esse protocolo serviu para garantir que o novo tecido atendesse aos regulamentos da Comissão de Segurança de Produtos de Consumo dos EUA e fornecesse o conforto desejado em pijamas infantis.

Organizações como Clean the World e Divergent Energy também participaram do projeto com suas especialidades. A primeira delas é conhecida por seus programas de reciclagem de sabão e a segunda fornece tecnologias para coletar e remontar lençóis descartados.

No final da transformação, as peças foram personalizadas. As roupas têm variedade de tamanhos para crianças entre dois e oito anos. 

Distribuição dos pijamas Westin

Com o material transformado, a rede hoteleira, em conjunto com a Delivering Good - organização assistencial - começou a doar os primeiros pijamas. Foram 1,5 mil entregues a crianças dos países onde a associação filantrópica mais atua. 

A rede hoteleira pretende ainda iniciar uma campanha para que hóspedes comprem os pijamas nas lojas online. A verba agariada será revertida para outras ações de cunho sustentável.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Westin

Comentários