Accor conclui venda de participação de 85,8% na Orbis

accorTransação somou € 1,06 bilhões

Em dezembro do ano passado, a Accor anunciou um acordo com a AccorInvest para a venda de 85,8% de participação na Orbis. A transação movimentou € 1,06 bilhões e completou a operação envolvendo a empresa polonesa - após sua compra em 2018 - por € 442 milhões. Nesta mesma semana, o grupo concluiu a venda da carteira de arrendamento de hotéis da Mövenpick Hotels & Resorts, com impacto positivo de € 430 milhões na dívida líquida.

Em um cenário global incerto, as duas transações foram concluídas com sucesso nos mesmos termos anunciados ao final de 2019. As operações reforçam a agilidade da rede francesa em seu posicionamento financeiro.

Desde a publicação dos resultados do ano passado em 20 de fevereiro de 2020, os mercados de Viagens e Lazer caíram significativamente, devido à expansão da covid-19 para novas áreas geográficas. Por sua vez, isso resultou na implementação de medidas excepcionais para limitar as viagens, bem como eventos públicos e privados.

Accor: impacto do coronavírus

Até o final de fevereiro, o grupo registrou um declínio de 4,5% em seu RevPar no mesmo período de 2019. Nos dois primeiros meses do ano, esse recuo líquido na atividade devido ao coronavírus teve um impacto de € 20 milhões no EBITDA. Desde a última semana do mês passado, foi observada uma forte aceleração da quedas das atividades na Europa, principalmente na Itália, França e Alemanha.

O ambiente em rápida mudança limita a capacidade de avaliar completamente o impacto financeiro da covid-19 nas unidades . No entanto, a Accor implementou medidas de economia de material para mitigar a desaceleração da atividade, e se beneficia de uma sólida posição financeira.

“Não tenho dúvidas, capitalizando nossos extraordinários, talentosos e experientes membros da equipe, nossa forte marca e nossas posições de liderança no mercado global, enfrentaremos a tempestade possivelmente mais forte do que nunca”, afirma Sébastien Bazin, presidente e CEO.

(*) Crédito da foto: martaposemuckel/Pixabay

Comentários