Adit Share: RCI mostra as vantagens do intercâmbio de férias

adit shareRCI projeta se associar a mais seis hotéis no Brasil até o fim do ano

Na sequência das palestras da Adit Share, Fabiana Leite, da RCI, discursou sobre as vantagens do intercâmbio de férias em empreendimentos de multipropriedade. A Adit Share acontece no Wish Foz do Iguaçu e está em sua sétima edição. A programação segue até sábado (8), com mais palestras e visitas técnicas. 

O intercâmbio funciona como uma troca. O proprietário cede sua semana na propriedade que comprou ao RCI. Uma vez cedida, o dono tem direito a usar essa semana em qualquer outro hotel ou resort parceiro. 

Segundo Fabiana, a principal vantagem para as propriedades de turismo compartilhado do intercâmbio de férias é que aumenta o valor do investimento. Para o cliente, os benefícios é que crescem. “O cliente percebe que o investimento dele é muito mais valioso pq ele adquiriu uma fração de apenas um hotel, mas pode aproveitar outros empreendimentos associados pelo mundo todo”, afirma Fabiana. 

Outro ponto vantajoso é que o proprietário possa aproveitar o benefício do intercâmbio antes de sua propriedade ser finalizada. “Uma coisa chata do multipropriedade para o comprador é que ele tem que esperar o hotel ficar pronto para usar. Se o hotel é afiliado à RCI, isso não é mais um problema, porque ele pode fazer um intercâmbio a partir do momento da compra”, acrescenta. 

Adit Share: dados RCI

Para exemplificar como que o intercâmbio de férias é atrativo aos clientes, Fabiana mostrou alguns dados da RCI. Em 2018, foram vendidas 84 mil semanas em turismo compartilhado, um aumento de 8% em relação à 2017. Dessas, quase todas foram vendidas para brasileiros. 

“Nos espelhamos muito no mercado mexicano porque ele é mais experiente e faz parte da América Latina, mas uma grande diferença é que quem compra as frações no México são americanos e canadenses. Aqui, 98% das vendas foram para clientes nacionais, movimentando cerca de US$ 900 milhões ao ano”. 

A RCI é parceira de 4,3 mil hotéis em mais de 110 países. Destes, 240 são no Brasil, contando com os recém-associados Rede Bourbon, Carnaubinha Praia Resort e Mussolo Resort. “Acreditamos que devemos incluir mais seis ou setes hotéis associados em nosso portfólio no Brasil até o fim do ano”, afirmou Fabiana. 

(*) Crédito da foto: Juliana Stern/ Hotelier News

Comentários