Alvear Palace Hotel: revisitamos o clássico de Buenos Aires

  
O octogenário Alvear Palace Hotel está localizado na avenida Alvear, esquina com as calles Ayacucho e Posadas, em uma das áreas mais nobres do bairro de Recoleta, em Buenos Aires (fotos: Peter Kutuchian)
O imponente edifício, situado nas esquinas da avenida Alvear e da rua Ayacucho, no requintado bairro de Recoleta, em Buenos Aires, completa, em 2012, 80 anos, chegando a esse tempo de operação em excelente estado de conservação e trazendo consigo o título de hotel mais premiado da América Latina. Ele recebeu inúmeras menções de revistas especializadas, instaurando o empreendimento portenho como um dos 20 melhores do planeta.
Sim, o Alvear Palace é o hotel mais clássico da capital argentina. É óbvio que existem outros na cidade, que contam com características de localização, estrutura e renome - como Plaza Marriott, Four Seasons e Park Hyatt, mas então qual é a grande diferença entre eles? A resposta pode ser resumida numa só: o Alvear Palace tem alma argentina e é o único entre os mais luxuosos que não detém um nome de outra rede internacional. Por que dar tanta importância para esse detalhe? As afirmativas? Cultura, história e sentimento.
Esquecendo um pouco o turista de negócios, que na maioria das vezes não tem tempo, para aspectos de aprimoramento cultural, já aquele que viaja para obter conhecimento, geralmente, deseja ficar em um hotel que retrate suas características regionais. Alie isso a uma localização privilegiada, infraestrutura, qualidade de serviços e amenidades e atendimento - e você tem um hotel diferenciado. Esse é o Alvear Palace, o clássico argentino.
Há quem goste, e obviamente, há quem não aprecie. Estamos falando da decoração clássica, estilo reis franceses, vulgos Louis XIV e XVI. Como diz o ditado, gosto não se discute, aprecia-se! Na opinião deste que lhe escreve, a sensação é de requinte e nobreza. Nesta vida agitada e corrida, se não olharmos apenas os bons aspectos de cada ser ou sentimento, fica muito difícil viver.
Com 91 quartos e 100 suítes, o Alvear Palace passou por momentos difíceis entre as décadas de 1960 e 1980. Resultado das ações político-econômicas argentinas, a situação do cinco estrelas chegou a ser preocupante. Para poder sanar contas e dívidas, algumas de suas habitações foram vendidas a preços, na época, irrisórios. Sorte de quem pode comprar uma unidade. Já pensou em morar no Alvear, na Recoleta? Que felicidade...
Passados alguns anos e como tudo é cíclico, em 1984, o hotel foi adquirido por empresários argentinos que decidiram iniciar um processo de recuperação e restauro. Menos de dez anos depois, em 1993, o empreendimento passava a fazer parte da conceituada rede The Leading Hotels of the World. Em 2003, passou a ser considerado Patrimônio Histórico de Buenos Aires.
Inaugurado em outubro de 1932, após 10 anos de construção, pelo empresário De Miero, que esboçou, em Paris, o que seriam as primeiras plantas do futuro hotel. Coincidências ou não, o bairro da Recoleta é chamado de "a pequena Paris da América do Sul".
Cinco subsolos e 11 pavimentos concentram as 191 habitações, os 12 salões de eventos, os restaurantes L'Orangerie e La Bourgogne - um dos apenas dois restaurantes com o selo Relais & Châteaux na América do Sul, ambos comandados pelo chef Jean Paul Bondoux -, dos suntuosos bares Lobby e Cigar, a Cave e o Taste Vins, locais no subsolo do La Bourgogne para a degustação de vinhos.
O comando do Alvear Palace é de Olga Petroni, que está no hotel desde 1986, tendo assumido o posto de gerente geral em 1995. Sua equipe é composta de mais de 500 colaboradores, resultando no índice médio de 2,6 trabalhadores por habitação, um dos mais altos neste continente.
O Alvear conta com alguns colaboradores que estão há anos trabalhando no hotel. É o caso de Alejandro Noya, atual gerente de Conciergeria, que começou no hotel em 1989 como mensageiro. Outro que está há um bom tempo é Mathias Zabalza, que coordena todo o processo do café da manhã. Ele começou como garçom no hotel portenho há 20 anos. E Fernando Alcuaz, maître de Bares, há 15 anos no empreendimento, tendo iniciado também como garçom, falante da língua portuguesa e adorado dos brasileiros que chegam ao hotel.Para Patrício Costa, gerente de Vendas, desde 1998 no hotel, o mais importante é poder propiciar essa sensação de reconhecimento para o hóspede habitué: a consistência dos serviços, sabendo-se das preferências deles.
A reportagem do Hôtelier News revisitou o cinco estrelas da Recoleta, que foi o primeiro hotel visitado pelo site em Buenos Aires, há mais de cinco anos. Na reportagem, além de fotos e muita história, os parabéns pelos 80 anos e vida longa ao Alvear Palace!
 
Por Peter Kutuchian
 
 
Atravessamos as portas e entramos no Lobby. Em frente, na parede, uma antiga tapeçaria, abaixo uma vitrine e, ao lado dela, dois arranjos com rosas brancas. O piso, impecável...
  
...O balcão da recepção, lugar dos check-ins, check-outs e das operações de câmbio. Vale dizer que a taxa cambial oferecida pelo cinco estrelas é a mesma que nas casas de câmbio da cidade, as vantagens são conforto e segurança
 
Ao lado do Alvear há uma galeria de lojas, o acesso pode ser feito por esta porta que fica entre a Recepção e...
 
O concierge, comandado por...
 
...Alejandro Noya, que trabalha no hotel desde 1989
Alejandro Noya, atual chefe de Conciergeria do Alvear, inicou sua carreira no cinco estrelas em 1989, como mensageiro, depois foi para a Recepção, onde também ficava o concierge. Em 1991, o departamento foi separado da recepção, e ele preferiu mudar. Há oito anos faz parte do seleto grupo da Clefs d'Or, entidade da qual foi presidente.Sobre seu trabalho, ele explica: "É uma profissão que não tem limites. Temos que estar a par e muito bem informados com a situação da cidade e do país, sabendo detectar e identificar os gostos do cliente, saber quais são os atrativos da cidade como museus, restaurantes e pontos turísticos", diz. Sobre os hóspedes brasileiros, ele destaca que eles são a maioria no Alvear. "Eles gostam da gastronomia, de compras e do tango. Muitos buscam a programação do teatro Colón, recém-reformado", comenta.
As dicas que ele dá? Um tour de três horas para quem não conhece Buenos Aires e os restaurantes unik, Leopoldo, La Cabrera, Fervor, Sottovoce e Mirasol. Para as compras, ele recomenda: "As ruas de outlets em Palermo".
 
 Olhando as portas de entrada pelo lado de dentro...
 
 Virando a câmera para a direita, vemos a chapelaria e a entrada do Cigar Bar. Vamos aproveitar e conhecer o local?
Idealizado em detrimento da lei que não permite o fumo em ambientes fechados, o Cigar Bar é uma das últimas novidades do Alvear Palace. Ali, pode-se fumar à vontade e saborear um bom conhaque francês.Construído onde antes havia um antiquário, o Cigar Bar baseia-se em três pilares, oferecendo charutos cubanos, destilados e chocolates como experiências para seus clientes, muitos deles moradores da região. A capacidade do local é de 17 pessoas.
Inaugurado em 2009, o espaço foi concebido após a criação da lei que proíbe o ato de fumar em qualquer local fechado
O Cigar Bar pode atender somente 17 pessoas e é muito frequentado pela sociedade argentina vizinha
Aproveitamos para tomar um café. Repare na xícara e nas amenidades. Esse é o padrão do Alvear
Saímos do Cigar Bar e continuamos os cliques pelo amplo Lobby...
 
   ...Onde vitrines expõe antiguidades de várias partes do mundo
 
 De qual país do Oriente veio esse tapete?
Saímos do Lobby e nos dirigimos para os elevadores, mas antes...
 
...Antes, aproveitamos para flagrar o Lobby Bar vazio. A partir das 17h, o espaço começa a encher de hóspedes e passantes
O Lobby Bar está localizado bem em frente aos elevadores do hotel. Muito frequentado por hóspedes e clientes na happy hour, quando há dificuldade em conseguir uma mesa. A decoração do espaço chama muito a atenção, devido ao jogo de luzes e à altura do pé-direito. Bastante sóbrio, é o local ideal para estar no final da tarde, começo da noite, onde se pode ver algumas celebridades, inclusive brasileiras, que vivenciam ali, quase que incógnitos, o ambiente com alma portenha.
 
  Nas duas pontas, mais vitrines de artigos de luxo
 
Dá para ficar horas aqui, lendo ou batendo papo
 
O impecável balcão também é frequentado pelas figuras mais íntimas da casa
 
  Paredes revestidas de materiais nobres, e a vista a partir de uma das mesas para os elevadores
 
 O maître de bares Fernando Alcuaz é apaixonado pelo Brasil e fala o português. Está no hotel há 15 anos e conhece todos os hóspedes habitués, principalmente os brasileiros
Presente em quase todos os dias e momentos no espaço, está Fernando Alcuaz, maître de Bares, um apaixonado por pessoas, principalmente os brasileiros. "Adoro a música brasileira, tive o privilégio em atender a cantora Maria Bethânia, Silvio Santos, Fernando Henrique Cardoso e Samuel Weiner, além de muitas outras celebridades internacionais".Há 15 anos trabalhando no Alvear, ele comenta que o treinamento é a base do atendimento. "Estamos em constante treinamento e faço questão de acompanhar as vendas de cada garçom e saber o porquê um vende mais que o outro".
 
  Antes de entrar no elevador, não pudemos deixar de reparar no carimbo feito no cinzeiro, tradição de hotel clássico...
Hospedagem Cada pavimento do Alvear Palace Hotel conta com habitações diferentes, nada de simetria entre elas. Já experimentamos vários quartos e suítes, e cada uma tem seu charme, seu diferencial. Porém, a sensação de requinte e privacidade mantêm-se sempre. Móveis, paredes, pintura, louças e marcenaria, em perfeito estado. Nestes mais de seis anos de hospedagem no Alvear, nunca encontramos uma irregularidade sequer. O ar de novo e o aroma Alvear estão sempre presentes.
Dentro das habitações, os equipamentos concentram as tradicionais TV's, agora de LCD, com programação a cabo e internacional. Frigobar, cofre, mesa de trabalho, armários com cabides de madeira, alguns deles forrados com tecidos para não danificar roupas sensíveis, cofre eletrônico, maleiro, aparelhos de telefone sem fio, acesso wireless de alta velocidade, falta talvez um dock para gadgets de música como iPods e iPads, mas com certeza serão implementados em breve.
Flores, geralmente rosas, são oferecidas e trocadas dependendo do número de pernoites. Uma seleção de frutas é trocada diariamente, e caso você tenha preferência por alguma, é só pedir.
O banheiro é um caso à parte, talvez até mais reluzente que as outras dependências do próprio quarto. Forrado de mármore italiano que brilha intensamente, combinando com o dourado dos metais e com as felpudas toalhas brancas, que por sinal são importadas do Brasil, sendo as de banho bem amplas.Os amenities da marca Hermès, vindos da França, dois tamanhos de sabonetes, banheira, sempre separada do chuveiro, com TV e controles de atendimento do telefone de um toque. Geralmente nas suítes, duas cubas na pia.
O serviço de mordomia sempre atento e eficaz no desfazer e fazer das malas, e o room service, pontual. O que mais se precisa? Bom astral? Ah, isso também existe no hotel, com certeza!
 
   Munidos de chave, somos transportados até o pavimento de nossa habitação
 
Toda saída de ascensor no Alvear é para este tipo de hall
 
E do lado esquerdo de quem sai, fica a escada de mármore
 
Uma visão dos três meios de transporte vertical do Alvear
 
  Em cada hall, sempre há uma mesa, que é ocupada pelos mordomos. No corredor, existem locais para um pit stop, para conferir o visual antes de sair para uma atividade externa
 
Abrimos a porta e temos a primeira visão da suíte: a mesa de trabalho
 
Escancaramos a porta e entramos, uma agradável sala de estar se apresenta
 
Decoração na medida, sob a mesa, duas garrafas d'água e as frutas, que são trocadas diariamente
 
 Vendo a sala de outro ângulo... ...E com a TV ligada
 
O oferecimento das rosas é uma das outras tradições do Alvear. Na mesa de canto, algumas revistas e as frutas fresquinhas
 
  No local há também um closet, que foi utilizado por este que vos escreve, o do quarto ficou para a esposa
 
Passamos para o quarto então...
 
...Que é amplo e conta com uma cama king size
 
   No cantinho, uma poltrona, cômoda e um pequeno closet. Já na mesa de cabeceira, controle da TV, relógio, telefone e bloco para anotações
 
Passamos para a sala de banhos, espaço tão requintado quanto o resto da habitação. Duas cubas atendem muito bem o casal...
 
Amenities franceses da marca Hermès, incluindo dois tamanhos de sabonetes, creme hidratante, xampu e condicionador, sais de banho, touca entre outros artigos
 
 
A banheira conta com uma TV que pode ser controlada pelo painel, e caso alguém lhe telefone, é só apertar um botão, que a chamada é atendida em viva-voz
 
 Do outro lado, o box do chuveiro, vaso e bidê
 
   O diretório do Alvear não poderia deixar de ser especial, contém cartões postais e um mapa de jogging com vários roteiros
 
Todos os dias, jornal na porta. Os avisos têm design especial
 
  Recebemos de mimo espumante, macarons e chocolates!
 
Detalhes da abertura de cama, com mais macaron e chocolate, cardápio para o desayuno e a previsão do tempo
 
 
Em uma das noites da estada pedimos room service: pasta com frutos do mar e as tradicionais empanadas, na minha opinião, as melhores de Buenos Aires
Gastronomia Um café da manhã exemplar, com muita variedade e qualidade, servido no restaurante L'Orangerie, no mesmo pavimento do lobby, com luz natural e um jardim de inverno, bastante disputado pelos clientes.
Todos os detalhes de arrumação e reposição do bufê ficam a cargo do chef Mathias Zabalza, na função há mais de 15 anos. O pequeno almoço leva jus ao nome, caso o consumo seja feito após as 10h, com certeza a fome virá, no meio da tarde. Destaque para a patisserie do hotel, que produz medialunas e croissants bem ao estilo francês, além de outras variedades de pães e doces, muitas vezes recheados com o típico doce de leite argentino, bem diferente do brasileiro, que leva mais açúcar.
No almoço a opção continua sendo o L'Orangerie, o serviço é bufê e vai das 12h30 às 15h30. Aos domingos é oferecido o brunch, das 12h30 às 16h, e em todos os dias o local sedia também o tradicional chá da tarde, servido entre 16h30 às 19h, exceto aos domingos, quando inicia o serviço às 17h.
No jantar, vale muito conhecer o La Bourgogne, comandado pelo chef Jean Paul Bondoux e com reconhecimento da conceituada rede Relais & Châteaux. Infelizmente, desta vez, o espaço estava fechado para uma pequena reforma, durante nossa estada.Destaque para a La Cave, adega de vinhos do restaurante, onde se pode organizar jantares privativos para até 40 pessoas. Ainda há a La Taste Vins, local propício para a degustação de vinhos. O local conta com mais de 700 rótulos, indicados pelo sommelier da casa.
 
No dia seguinte, fomos conferir o café da manhã no L'Orangerie
 
O espaço gastronômico conta com muita iluminação natural, música clássica como som ambiente e serviço requintado
 
  Vamos escolher nossa mesa... Perto do piano?
 
...Ou no canto oposto do salão?
Onde há esta vista para um dos jardins externos do hotel?
  
Ou no jardim de inverno?
 
Para quem gosta de uma temperatura bem fria, este é o local ideal
 Optamos em ficar no meio do salão, perto do bufê
 
 
Olhamos as rosas que decoram a mesa e logo o atendente nos serve suco escolhido (pomelo). Reparou nas luvas brancas dele?
 
  Detalhes e mais detalhes que enchem os olhos
 
O bufê é montado neste espaço
 
Quem cuida (com muito carinho) de toda a arrumação é o chef Mathias Zabalza, que trabalha no Alvear há 20 anos
 
Para alegrar a manhã, por que não um espumante?
 
 
   Entre frutas e cereais, o detalhe da manteiga e a variedade de pães
 
As famosas medialunas... ...Queijos diversos e frios
 
Tocino argentino y salsicha + Papa rosti y Tomates confitados são algumas das opções quentes. Omeletes e waffles podem ser pedidos
 
  Detalhes dos aparadores e carrinhos de apoio
 
O Mini rogel é uma verdadeira tentação, veja o recheio do mais puro doce de leite, e como diz no display, é um prato típico argentino
 
 
   Outras tentações da patisserie alvearense
Alvear Spa & Fitness Construído numa área de 800 m², o Spa do Alvear Palace é administrado pelo hotel e tem como protagonista principal o elemento água. Conta com dois acessos, um pelo hotel e outro pela Galeria Promenada, anexa ao edifício.
Diferentes áreas formam os circuito do Spa: úmida, wellness, fitness e de tratamentos. Destaques para a piscina lúdica, os caminhos das sensações, o equipamento de Technogym e o sistema de treinamento Kinesis.
A lista de tratamentos é grande, vai desde programas faciais e revitalizantes, passando por desintoxicantes, relax como massagens e terapias. Shiatsu, pedras quentes, reflexologia, tailandesa e californiana, são algumas delas.
O Kinesis utiliza um sistema de deslocamento de cabos, possibilitando realizar movimentos nos três planos do espaço. O deslocamento é livre e agradável, facilitando a criação e execução de movimentos naturais.
Patricio Costa, gerente de Vendas do Alvear, nos leva para conhecer o Spa do Alvear...
 
Vamos lá?  O espaço de bem-estar é administrado pelo próprio hotel
 
Saleta de espera, caso você chegue mais cedo para uma terapia
 
 As atendentes...
...Trabalham neste espaço, que é a recepção do Spa
 
  Água e sucos são oferecidos e há mais espaço de espera
 
 
  Equipamentos Technogym
  
 Lá no alto, vestiários, ducha circular e a sauna
 
 
As instalações incluem um tanque para hidro terapias e um caminho de pedras para tratamentos nos pés
 
 Alguns artigos são comercializados
 
Vamos conhecer a galeria, anexa do hotel. O acesso pode ser pelo lobby do Alvear ou pela avenida, que leva o mesmo nome 
Vistas para o jardim interno. As lojas da galeria variam entre antiquários, vestuários, joias, bijus e arte
Na calle Ayacucho fica o restaurante La Bourgogne e a Boutique de Jean Paul Bondoux, renomado chef que conduz os dois espaços. O La Bourgogne é um dos poucos da América do Sul que tem a chancela da Relais & Châteaux. Infelizmente, na nossa estada, o espaço estava fechado para uma pequena reforma
Dia bonito, clicamos os edifícios residenciais da avenida Alvear. O cinco estrelas tem localização privilegiada, está a uma quadra da praça San Martin de Tours, onde está o famoso cemitério da Recoleta, o Centro Cultural, vários restaurantes turísticos, lojas e centros comerciais, um dos shoppings mais requintados fica a três quadras, o Pátio Bullrich
 
 
Almoçamos, porém, no L'Orangerie...
 
 
 
   Provamos de tudo um pouco e indicamos o restaurante. O brunch de domingo é bem concorrido
 
Um dos pratos de nossa mesa com Arroz negro e carré de cordeiro
 
  O bufê de sobremesas fica no Jardim de Inverno...
 
   E conta com aqueles minidoces tão tentadores
 
  Não fizemos cerimônia e escolhemos duas opções, em uma delas completamos com doce de leite...
Vista parcial do salão do La Bourgogne, considerado por muitos como o melhor restaurante da cidade (foto: divulgação)
 
Eventos Famoso por sediar em seus grandiosos salões as festas das principais figuras da sociedade argentina, o Alvear Palace conta com 12 salões que podem receber reuniões e eventos com capacidade entre dez e 1,5 mil pessoas.
Um amplo business center pode receber vários hóspedes ao mesmo tempo, estando localizado no mesmo pavimento dos escritórios corporativos e em frente ao escritório de Eventos.
O Board Room, para pequenas reuniões (foto: divulgação)
O Salão Canciller... (foto: divulgação)
O Regence... (foto: divulgação)
E o grandioso Versailles (foto: divulgação)
Saídas Aproveitando as indicações de Alejandro Noya, fomos conhecer o restaurante unik, idealizado por Marcelo Joulia, arquiteto franco-argentino e diretor da agência Naço Architectures. Situado em Palermo Viejo, o espaço gastronômico conta com uma decoração diferente, com mobiliário dos anos 1960 e 1970 que fazem parte da coleção particular de Joulia.
Podemos dizer que a atmosfera, o serviço e o ambiente foram mais marcantes que a própria comida. Talvez pelo fato de morarmos em São Paulo, considerada a capital mundial da gastronomia, nossa expectativa não tenha sido superada. Valeu? Sim, sempre vale. Experiências são sempre experiências.
 
Uma das indicações de Alejandro Noya para o jantar é o unik, restaurante de um arquiteto e designer radicado na França
 
 
Fomos experimentar a gostamos da ambientação...
 
  ...Decoração e gastronomia
 
     
 Provamos polvo, camarões e pescado, todos harmonizados com um Gran Linata Torrontés 2010
Mas a indicação para assistirmos um dos melhores shows de tango de Buenos Aires, o Rojo Tango, espetáculo que virá no Hotel Faena. Já tivemos a oportunidade em assistir algumas outras casas de tango da cidade e, sem dúvida, este foi o melhor.
 
Numa outra noite fomos ao Rojo Tango, um dos melhores shows da dança mais famosa da Argentina
 
 
 
  O show é espetacular
Aproveitamos um sábado de sol para ir conhecer San Antonio de Areco, cidade distante 100 km de Buenos Aires. Pequenina, mas em franco crescimento, a vila conta com algumas lojas de artesanato de cutelaria, couro e alguns fabricantes dos famosos ponchos.
Vale a pena ir ao museu da cidade e conhecer a história de Don Segundo, um famoso gaúcho da região. Personagem retratada em várias obras do pintor artista plástico Oswaldo Gasparini, que conta com um ateliê, também válido de uma visita.
Para almoçar ou jantar, existem alguns restaurantes em Areco, principalmente em volta da praça principal da cidade.
 
 
No sábado fomos de carro alugado para San Antonio de Areco, distante de Buenos Aires cerca de 100 km. A pequena cidade conta com algumas lojas de artesanato, restaurantes e museus
  
 Conhecemos o trabalho do artista plástico Oswaldo Gasparini. Seu ateliê conta com um pequeno museu sobre a história da cidade. Suas obras retratam figuras e paisagens locais, incluindo o famoso gaúcho Don Segundo
Serviço Alvear Palace Hotel Avenida Alvear, 1891 - Recoleta, Buenos Aires www.alvearpalace.com www.unik.pro

Comentários