Após restrições, Brasil libera entrada de turistas estrangeiros por via aérea

turistas estrangeiros - entradaViajantes deverão apresentar seguro-saúde para entrar no país

No início de julho, o governo brasileiro estendeu por mais 30 dias a proibição de entrada de turistas estrangeiros no país devido à pandemia. Em portaria assinada ontem (29) pelos Ministérios da Casa Civil, Infraestrutura, Justiça e Segurança Pública, foi liberado o acesso aos viajantes de outros países apenas por via aérea. Vias marítimas e terrestres continuam com restrições.

Pela primeira vez, o governo exigirá seguro-saúde de estrangeiros para visitar o Brasil. Entretanto, a portaria tira a obrigatoriedade de apresentação de teste de Covid-19. “Essa é uma forma de se precaver contra a lotação do sistema público de saúde, mas seria interessante manter o exame ou algum outro tipo de controle sanitário na entrada”, afirma Diana Quintas, diretora da Abemmi (Associação de Especialistas em Migração e Mobilidade Internacional) e sócia da Fragomen, empresa de migração.

Turistas estrangeiros: restrições

Na portaria de trinta dias atrás, apenas aeroportos de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília estavam liberados para voos com visitantes estrangeiros. Agora, quase todos os estados podem receber turistas, com exceção da Paraíba, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Rio Grande do Sul e Tocantins.

Em relação às vias marítimas e terrestres, os estrangeiros podem entrar para atividades de negócios e trabalho, mas as viagens turísticas continuam proibidas.

(*) Crédito da foto: Skitterphoto/Pixabay

 

Comentários