Associação Brasileira de Luxo espera captar quatro novas empresas ainda neste ano


Simone Scorsato, diretora Executiva BLTA, ao lado de Guilherme Padilha, presidente da entidade
(foto: Camila Oliveira)

A BLTA (Brazilian Luxury Travel Association) espera associar entre três e quatro novas empresas em 2015. Em processo de finalização documental, o Zorah Beach Hotel, localizado na praia do Guariju, no município de Trairi (120 km de Fortaleza), será a primeira propriedade a fazer parte da entidade este ano. E já há outros dois empreendimentos situados na Amazônia em fase de análise e negociação.

"Na realidade, nosso foco não é atrair milhares de empresas. Há uma grande procura, mas muitos não se enquadram em uma série de itens necessários para se tornar um associado da BLTA. O principal deles é oferecer um alto serviço, valorizando experiências, encantamento, porque o luxo vai além de ter bons móveis, arquitetura ou design. É essencial oferecer experiências autênticas e exclusivas", comenta Guilherme Padilha, presidente da associação. 

Segundo ele, outro aspecto importante é que, no caso dos hotéis, resorts ou pousadas, é preciso ter um tempo mínimo de dois anos de operação. Padilha ainda comentou que já foi feito um estudo de mapeamento das empresas do segmento do luxo, o qual a BLTA constatou que há  50 potenciais associados no País, que se ajustam às exigências básicas.

Serviço
blta.com.br

Comentários