Associações de Campos do Jordão pedem por reabertura imediata do turismo

Campos do Jordão- reaberturaEstima-se que 3 mil pessoas tenham perdido seus empregos no destino

Com a renda totalmente ligada ao turismo, entidades de Campos do Jordão apelam para que as atividades sejam retomadas, assim como aconteceu em cidades de situação semelhante, a exemplo de Gramado (RS). O prefeito Frederico Guidoni (PSDB) recebeu, na última sexta-feira (15), as quatro principais associações representativas do turismo do município, onde o grupo solicitou a abertura imediata do setor.

Assinado pela Associação Comercial e Empresarial de Campos do Jordão,  Campos do Jordão e Região Visitors & Convention Bureau, AMECampos (Associação dos Amigos de Campos do Jordão) e BETA (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura),  a solicitação chama atenção para o aumento do desemprego na região. Com as entidades também estiveram presentes empresários do trade turístico e o presidente da Câmara dos Vereadores Filipe Cintra, que também recebeu ofício.

A solicitação espelha-se em outras cidades que dependem do trade turístico, como Gramado, Monte Verde (MG), Canela(RS) e Atibaia (SP). Todas elas passaram por retomadas de atividades, mas respeitando medidas restritivas e de segurança.

Campos do Jordão: desemprego

Ao todo, estima-se que mais de 3 mil pessoas já perderam seus empregos desde o início do isolamento. O número corresponde a cerca de 40% da força de trabalho que atua em cafés, restaurantes e outros empreendimentos comerciais fechados devido à quarentena.

(*) Crédito da foto: Viviflorencio/Pixabay

Comentários