BC fala em boa chance de recuo do PIB no 1º trimestre

PIB - previsão primeiro trimestre BCResultados da indústria no primeiro trimestre desanimaram

O BC (Banco Central) deu má notícia para o mercado. Na última ata do Copom (Comitê de Política Monetária), divulgada hoje (14), a instituição falou em “probabilidade relevante” de recuo no PIB (Produto Interno Bruto) no primeiro trimestre sobre os três meses anteriores. Avaliação está em linha com as últimas edições da pesquisa Focus, que mostram seguidas revisões (para baixo) do indicador. 

No documento, o BC informa que ainda precisa de tempo para analisar a fundo o quadro antes de eventual mudança na política de juros. Hoje, a Selic está no patamar mais baixo da história, em 6,5%. O impacto da Reforma da Previdência, argumenta o banco, também interfere nessa avaliação e possível mudança de rota.

“O processo de recuperação gradual da atividade econômica sofreu interrupção no período recente, mas o cenário básico contempla sua retomada adiante”, avalia o BC. A instituição acrescenta ainda que efeitos de choques vividos pela economia em 2018 ainda persistem. 

PIB e reformas 

Outro trecho do documento diz que “incertezas sobre aspectos fundamentais do ambiente econômico futuro – notadamente sobre sustentabilidade fiscal – têm efeitos adversos sobre a atividade econômica”.

“A manutenção de incertezas quanto à sustentabilidade fiscal tende a ser contracionista”, afirmou. “Reformas que geram sustentabilidade da trajetória fiscal futura têm potencial expansionista, que pode contrabalançar efeitos de ajustes fiscais de curto prazo sobre a atividade econômica, além de mitigar os riscos de episódios de instabilidade com elevação de prêmios de risco, como o ocorrido em 2018”, pontuou.

(*) Crédito da foto: thekurupi/Pixabay

Comentários