BHG celebra melhora dos indicadores no 1º trimestre

BHG RamosRamos: política a Copa dificultam análise do 2º semestre

Depois de um 2017 difícil para toda indústria, 2018 parece apontar para um horizonte mais azul. A BHG (Brazil Hospitality Group), por exemplo, divulgou dados positivos referentes ao primeiro trimestre. A rede, que tem uma oferta de 2,5 mil quartos no país, viu a ocupação subir 10 pontos percentuais no período, para 55%. De carona nesse desempenho, a receita líquida cresceu 15,4%, o número de hóspede aumentou 18,9% e o RevPar avançou 21,2%. Os números levam em conta a comparação ano a ano.

Tomás Ramos, diretor de Vendas e Marketing da BHG, acredita que o aquecimento econômico, somado ao intenso trabalho de distribuição e vendas para o público de lazer, explica o resultado. “Temos boas ofertas para o público corporativo. Então, a rede foi em busca de um novo perfil de hóspede. Decidimos trabalhar arduamente nosso comercial, focando em importantes players para, enfim, oferecermos uma nova experiência aos hóspedes”, comenta.

BHG: destaque para eventos corporativos

Embora janeiro e fevereiro sejam marcados pela ocupação oriunda de feriados e das férias escolares, Ramos chama atenção para outro destaque. “Claro que a maior parte de nossos ganhos vem da hospedagem. O corporativo vem se fortalecendo com o aumento de confiança do empresariado, e isso vem se refletindo na área de eventos”, informa o executivo. 

“Os eventos corporativos tiveram uma parcela significativa de 28% do nosso lucro total até o momento este ano. Estamos muito felizes em notar que todos os nossos empreendimentos com espaços de eventos demonstraram estar acima do que era orçado para o período”, completa.

Ainda assim, Ramos coloca um freio no otimismo. Segundo ele, a Copa do Mundo da Rússia e o quadro político instável dificultam a construção de uma expectativa concreta para o segundo semestre. “Esperamos atingir a meta de crescimento de 8% no faturamento frente ao ano passado”, explica. “Por isso, trabalhamos fortemente a análise de dados, históricos, movimentos gráficos… É necessário estar atento para atingirmos com sucesso nossos objetivos”, finaliza.

(*) Crédito da Foto: Divulgação/BHG

Comentários