Black Friday: hotéis apostam em descontos agressivos em serviços e pacotes para o verão

black fridayHotéis precisam estar atentos para não perder a qualidade dos serviços

Já tradição no mês de novembro, a Black Friday se tornou um verdadeiro fenômeno de vendas em todos os setores. Apostando na geração de leads e incremento de vendas de final de ano, a hotelaria nacional e internacional pegou carona na data com descontos e ofertas mais agressivas a cada ocasião. Entretanto, é preciso ter cuidado na escolha das promoções e na demanda.

Especializada em fornecer experiências, o mercado hoteleiro tem que estar atento a qualidade dos serviços prestados e no público que planeja atrair. É o que alerta Gabriel Rossi, professor de Marketing da ESPM. “O primeiro grande desafio é não perder a mão nos descontos e prejudicar a marca. É preciso olhar a estrutura, quantas pessoas o negócio pode atender e qual o público e entender o real significado para proteger a marca”.

Rede consolidada no segmento, a Meliá Hotels oferece até 50% de desconto com hospedagem gratuita para crianças na alta temporada. Segundo Gustavo Santana, diretor de Distribuição, CRM e Programa de Fidelidade, os descontos foram definidos de acordo com os destinos mais procurados. “Os destinos que figuram entre os mais buscados, tanto em nosso site quanto no mercado, têm maior peso nesta definição. Além disso, procuramos disponibilizar toda nossa base de hotéis com algum desconto, uma vez que é crescente a procura por destinos menos comuns e especiais como regiões da África e Ásia-Pacífico”.

Estratégia similar foi adotada na Atlantica Hotels - que com base no histórico de mercado e ações anteriores - decidiu por apostar em reduções mais expressivas este ano. Eric Ferreira, gerente de Marketing & Loyalty da rede, o segredo foi definir com cuidado as datas disponíveis sem afetar o faturamento da empresa. “Estamos com bastante foco em períodos de baixa ocupação. Portanto, nossa estratégia é aumentar em receita”.

black friday- atlanticaFerreira: a ideia é incentivar a adesão dos hóspedes de lazer

Black Friday: perfil do público

Entre as ações da Atlantica, atingir o público de lazer é essencial para a geração de leads. “Por termos um portfólio muito voltado ao corporativo, a ideia da Black Week é incentivar a adesão dos hóspedes de lazer, enaltecendo as estruturas de nossos hotéis como piscinas, áreas de convivência e ainda suas localizações estratégicas nas cidades que estamos presentes”, ressalta Ferreira.

No Mato Grosso, o Malai Manso Resort busca atrair clientes de camadas mais abastadas, fornecendo descontos em suas acomodações upscale. “Muitos hóspedes desejam uma hospedagem mais privativa. Atendendo a esta demanda, vamos fornecer ofertas  para a categoria mais exclusiva do resort, as Casas Boutique”, revela Ricardo Gouveia, diretor comercial do empreendimento. Entretanto, os valores ainda não foram revelados e apenas clientes cadastrados no site terão acesso às promoções.

Indo na contramão da maioria das redes, as unidades da Grand Hyatt São Paulo e Rio de Janeiro investiram suas ações em serviços de gastronomia e bem-estar, pontos fortes da marca. No empreendimento carioca, descontos em jantares com menu japonês e cafés da manhã com vista para a Lagoa de Marapendi são exemplos de ofertas de A&B. No spa, sessões de massagem, day spa e planos mensais para a academia estão com descontos de até 50%. 

“Em novembro já atingimos altas taxa de ocupação, por isso optamos por enaltecer a linha de serviços e eventos. Vamos aproveitar o volume de vendas e mostrar o que temos a oferecer. Já vendemos um jantar de noivado e temos promoções para nosso espaço de eventos de até 50%”, comenta Mariana Pedroso, gerente de Marketing da unidade fluminense. 

Este ano, o Grand Hyatt São Paulo aposta na Black Week, com promoções no happy hour com coquetéis, aromoterapia e Dia da Noiva. Pela primeira vez, as unidades da rede vão estender suas ofertas até a segunda-feira (2/12), conhecida como Cyber Monday. “Sempre fizemos a Black Weeke  este ano vamos apostar na Cyber Monday. Estamos trabalhando com divulgação por email e redes sociais”, explica Carolina Caleiro, gerente de Marketing do hotel paulista.

black friday- malaiO Malai Manso projeta gerar 3 mil leads com as ações

Expectativas 

Sempre visando engrossar o faturamento e elevar a base de clientes, os empreendimentos entrevistados pelo Hotelier News afirmam estar otimistas. “Em termos de reservas diretas em nossos canais de venda, a Black Friday é o período de maior emissão de reservas no ano, no qual vendemos do dobro ao triplo que o normal”, afirma o diretor da Meliá. “O maior impacto está concentrado no próximo ano, uma vez que o travel window estende-se até o fim do ano de 2020”.

No Malai Manso, a previsão é de gerar 3 mil leads e cerca de 200 reservas diretas. Em ambas as unidades da Grand Hyatt, as projeções são de alta de  mais de 30% nas vendas frente a 2018. “Percebemos um aumento nas vendas nas semanas que anteciparam a Black Friday. Na data, com certeza bateremos os números do ano passado”, garante Mariana.

(*) Crédito da capa: un-perfekt/Pixabay

(**) Crédito das fotos: Divulgação/Atlantica Hotels e Nayara Matteis/Hotelier News

Comentários