Blue Tree faz check-in no Chile com o Hotel Fundador

O meio de hospedagem de 18 anos é agora o cartão de visitas da Blue Tree em Santiago (fotos: Chris Kokubo e Raquel Guanaes)
Era minha primeira vez em Santiago. Com objetivo de desbravar ao máximo a cidade naqueles dois únicos dias e uma noite que eu tinha na capital chilena, resolvi que não pegaria taxi, tampouco transfer particular. Ia mesmo me virar com transporte público, como fazem tantos santiaguenses diariamente para ir e vir de lá para cá. Tinha o endereço do hotel e o nome da estação de metrô mais próxima.
Cheguei na rodoviária vindo de Chillán, cinco horas ao sul, e fui logo desenvolvendo o melhor do meu portunhol para pegar o metrô. Desembarquei na estação Universidad de Chile e depois de caminhar menos de dois pequenos quarteirões, já estava pronta para me registrar no Blue Tree Fundador, hotel com o qual a Blue Tree faz check in em território chileno.
Por Chris Kokubo*
Depois de Buenos Aires e Bariloche, é a vez de Santiago entrar no portfólio internacional da rede brasileira
 
Os dois pequenos edifícios formam o hotel. Em torno, ruas tranquilas
O símbolo da rede no vidro e a bandeira do Brasil simbolizam logo na chegada a presença da Blue Tree
Não podia faltar também a chilena e a da rede
A localização privilegiada é apenas a primeira das inúmeras boas impressões que estão por vir no Fundador. Mesmo localizado na região central da cidade, bem ao lado da Avenida Libertador Bernardo O'Higgins, a principal de Santiago, o hotel tem a sorte de não estar em uma via barulhenta e movimentada. O nome do bairro une as principais capitais europeias - Paris-Londres - e sugere que há algo de muito europamente acolhedor por estas pequenas ruelas que cercam o meio de hospedagem.
 
As maçãs embaladas, o peixe e o guest comment são símbolos da administração Aoki
A rede de Chieko Aoki chegou por aqui há menos de três meses. "Chile é um país atraente para negócios e para turismo, com alto padrão de educação e de vida. Era um país que estávamos analisando para potencial expansão da rede e, por feliz coincidência, conhecemos investidores proprietários de dois hotéis, um em Santiago e outro na cidade de Remota. Ficamos muito felizes com o encontro com estes investidores chilenos, grandes homens de negócio, muito respeitados no Chile, com quem compartilhamos valores e conceitos coincidentes e acabamos fechando a administração do hotel Fundador e a gestão compartilhada no Remota. São hotéis importantes e nos sentimos muito honrados em tê-los na rede Blue Tree", declarou ao Hôtelier News a presidente da rede, Chieko.
O clima do sul do país começa a se fazer presente logo no lobby, em suas cores e decoração
No ambiente acolhedor, um totem eletrônico dá dicas de opções de entretenimento na cidade
De fato, o hotel da capital traz algumas características que, com o perdão do trocadilho, remontam ao hotel de Remota, na Patagônia chilena. Nos quartos e banheiros, pequenos pedaços de madeira trazidos do meio de hospedagem do sul decoram teto e parede, o que ajuda na acústica e isolamento sonoro da UH. Nos corredores, cores, nomes, móveis, tapetes e materiais - como o cobre e o barro - trazem um quê de clima patagônico.
 
Desde que passou a ser administrada pela rede, toda a equipe do hotel tem recebido treinamento constante
 
Alguns dos apartamentos oferecem varandas com vista para a charmosa rua Paris
"O hotel é formado por dois pequenos edifícios e é no quarto andar que há a ligação, com um corredor. Um deles oferece todas as salas para eventos e alguns apartamentos", explica Juliana Placco, brasileira de Andradina, no interior paulista, que chegou com a equipe da Blue Tree e assumiu a supervisão da Recepção. Foi Juliana quem nos apresentou o meio de hospedagem. "Um dos grandes diferenciais do hotel é a localização. Estamos a poucas quadras da Plaza de Armas, de catedrais, museus, do Mercado Central. É possível fazer tudo a pé", diz.
Manuel Fernandes, o gerente geral, reforça: "A localização é o maior emblema deste hotel. Com isso, temos um potencial de eventos muito forte e o objetivo da Blue Tree é aumentar o mercado brasileiro. Julho foi um mês difícil, principalmente por causa do susto da gripe suína, mas com a implantação do padrão Blue Tree as expectativas são as melhores possíveis. Queremos proporcionar ao hóspede brasileiro a sensação de estar em casa, e fazer com que os chilenos sintam um pouco do Brasil, tudo isso com o toque oriental dos padrões da rede", explica Fernandes, que já soma quase cinco anos no grupo brasileiro.
Nos corredores, teares também lembram a Patagônia
 
Aos poucos a Blue Tree introduz sua marca ao hotel
 
Cada andar apresenta cores diferentes
Há alguns que oferecem tons mais frios...
 
...e outros que são mais quentes
 
Mas todos têm garantia de qualidade e conforto
Opção com três camas está em quatro UHs. Repare nos pequenos pedaços de madeira no teto
Para atingir tais padrões de serviço e produto, o Fundador passou recentemente por uma grande reforma de US$ 3 milhões e hoje apresenta projeto do renomado arquiteto chileno Germán del Sol. "O novo hotel tem um rico contraste do clássico ambiente inglês com mix de cores e elementos da Patagônia", completa o gerente. Além disso, todos os colaboradores têm ou terão aulas de português.
Atualmente, o empreendimento conta com cerca de 110 colaboradores. São 147 apartamentos, todos com banheira, TV a cabo, ar-condicionado, minibar, secador de cabelo e cofre, divididos em duas categorias: standard e superior, esta com cama king size.
Os amenities Blue Tree ainda não chegaram. Por enquanto, a marca está nos suportes para copo
Na área de eventos são cinco salas para até 150 pessoas. Unidas, duas delas acomodam tranquilamente 350 convidados em auditório. O acesso para os espaços de eventos pode ser feito pela rua Paris número 888, assim não há necessidade de entrar no hotel para uma conferência no edifício ao lado, por exemplo.
Este corredor no quarto andar une os dois edifícios do hotel
Aqui, visto da rua
Em dia de semana, o hotel recebe muitas reuniões
O setor de eventos é um importante gerador de receita do meio de hospedagem
Coffee break caprichado
É no restaurante Winter que o café da manhã é servido. Muitas vezes o espaço é também utilizado para algum almoço ou jantar da área de convenções, já que tem capacidade para 250 pessoas. O Calicanto, por sua vez, serve almoço diariamente e recebe muitos passantes que trabalham na região. Desde que a Blue Tree chegou, nota-se que a qualidade do café da manhã foi elevada: o buffet agora oferece mais de 55 itens.
Desjejum com muita variedade e qualidade é garantia da Blue Tree
 
 
 
 
Opções quentes e frias, doces e salgadas, engordativas e dietéticas. Para todos os gostos e exigências
A luz natural é uma qualidade a mais no restaurante. Aqui, preparado para o almoço de um congresso
O Calicanto é menor e mais aconchegante
   
No almoço executivo, buffet de saladas, sopa, pratos quentes e sobremesas. O hotel conta com um novo chef: Sixto Bravo traz a proposta de utilizar produtos locais e técnicas da culinária francesa
Tanto Juliana quanto Manuel estão bastante contentes por estar em Santiago a serviço da Blue Tree. Os dois já tinham trabalhado juntos no Blue Tree Lins, no interior de São Paulo, e possuem muitos anos de experiência na casa, em demais empreendimentos da rede.
"Santiago é uma cidade muito limpa, as pessoas são extremamente educadas e a tecnologia aqui é mais acessível que no Brasil. O poder de compra também é maior, visto que um carro custa muito menos aqui. Estamos em uma capital de primeiro mundo, sentimos segurança. Os policiais, chamados carabineros, são muito respeitados e valorizados. A cidade é carregada de história e estamos próximos a destinos como Valparaíso, Viña del Mar, Valle Nevado. Sem mencionar os Andes, que a gente não cansa de olhar e de admirar. O Chile é um país economicamente muito estável e tem um potencial enorme de crescimento e investimento. A Blue Tree chegou para trazer toda a qualidade de seus serviços e, definitivamente, ficar”, afirma Fernandes.
 
No bar do lobby, o happy hour serve tanto o pisco sour chileno quanto a brasileiríssima caipirinha
 
 
Na loja de artesanatos, também no lobby, joias em lapizazuli, a bela pedra azul encontrada em abundância pelo Chile, além de muitos objetos em madeira, cobre e pedra
La Moneda, o Palácio do Governo chileno. É aqui o expediente diário de Michelle Bachelet
Em 18 de setembro de 2010 o país vai celebrar 200 anos de independência
Cada extremidade da praça ostenta a estátua de uma figura política importante. Esta é de Salvador Allende, primeiro presidente da república declarado socialista-marxista eleito democraticamente da América Latina. Morreu em 1973 durante o ataque do general Augusto Pinochet para tomar o poder
 
A Catedral Metropolitana é uma das muitas belas igrejas da cidade
No centro da capital, muitos edifícios apresentam arquitetura clássica e vitrais, como este da prefeitura de Santiago
 
A cidade é generosa com os ciclistas: até 2010 a meta é oferecer 550 km de ciclovias. No prédio moderno, o reflexo de edifício histórico
Hipismo é um esporte bastante popular no Chile. Mesmo no inverno, o treinamento na hípica continua
Subir no Cerro San Cristobal é um dos passeios que não podem faltar. A vista que se tem dos Andes é espetacular
Lá embaixo, a cidade
 
No topo do Cerro, Virgem Imaculada zela pela cidade. A pequena capela celebra missas periodicamente
 
Para alcançar o topo mais alto do parque, pode-se usar o funicular e descer de teleférico, ou contratar serviço particular de passeio, que o Blue Tree Fundador passou a oferecer aos hóspedes vips. Alwin Schuler, da CTS Turismo, foi o nosso guia no city tour
À noite, uma ótima pedida é o boêmio bairro de Bellavista, com variadas opções de restaurantes e lazer
Piscina aquecida, academia, business center, loja de artesanatos, internet wi-fi em todos os apartamentos e room service 24 horas completam os serviços do primeiro hotel que ostenta a bandeira da Blue Tree em terras chilenas. Ótimo para executivos e para turistas a lazer, graças à sua localização e serviço com padrão dos meios de hospedagem de Chieko Aoki.
Na hora de ir embora, a mala grande e pesada me fez desistir da ideia de, mais uma vez, utilizar o transporte público. No entanto, novamente a boa localização ajudou. Um taxi do Fundador até o aeroporto Comodoro Arturo Merino Benitez saiu por 10 mil pesos chilenos, cerca de R$ 35.
Serviço
Blue Tree Hotels Fundador
Rua Paseo Serrano, 34
Santiago, Chile
56 (2) 387-1200
Central de reservas no Brasil:
Toll Free: 0800 150500
11 3841-7444
* A equipe do Hôtelier News hospedou-se no Blue Tree Hotels Fundador a convite da Blue Tree Hotels & Resorts.

Comentários