Blue Tree Hotels extingue balcão de recepção em unidades pelo Brasil

Chieko AokiChieko explica que intensão é quebrar paradigmas

Em nome de um novo conceito do bem receber, a Blue Tree Hotels está extinguindo o balcão de recepção nos hotéis da rede pelo Brasil. Segundo comenta a rede, a ideia vai além de tirar um móvel ou acessório e chega a função dos funcionários, que deixam de ser recepcionistas para serem anfitriões. Aperfeiçoar a cultura de encantamento de hóspedes aparece como a justificativa para a mudança.

No comunicado no qual avisa sobre a mudança, a companhia fala em modernização de atendimento e rompimento com modelos tradicionais que limitam a interação. Nas novas recepções Blue Tree, os colaboradores irão ficar livres para realizarem o atendimento de chegada em qualquer lugar do ambiente. 

Mudanças no estilo Blue Tree Hotels

Em termos arquitetônicos a mudança é facilmente percebida. Em vez do antigo balcão fixo, a recepção agora fica com totens de atendimento confeccionados em mármore e projetados sem barreiras de limite entre o hóspede e os funcionários. 

Entretanto, a renovação vai além da estrutura física. O conceito também implica numa nova postura do time Blue Tree. E por isso, a rede realizou alguns treinamentos incentivando atitudes proativas no acolhimento. Ainda dentro do conceito, toda a equipe do hotel, independentemente de sua função, está à disposição do cliente para atendê-lo prontamente.

Chieko Aoki, presidente da companhia, explica que as alterações são feitas mirando sempre o sentimento de conveniência e facilidade, tanto de clientes como da equipe. "São novos procedimentos que encantam por sentirem por que todos os anfitriões dos hotéis são fraternos, acolhedores e espontâneos", aponta. 

Em projeto piloto, a novidade foi implantada no Blue Tree Verbo Divino, em São Paulo.

(*) Crédito da foto: divulgação/Blue Tree Hotels

Comentários