Bolsonaro anula nomeação de Senise e troca presidente da Embratur

Embratur- Paulo SeniseSenise foi a Brasília, mas não ficou somente uma semana no cargo

No dia 3 de maio, o Diário Oficial da União publicou a nomeação de Paulo Senise, ex-presidente da Turisrio e do Rio CVB, como o novo comandante da Embratur. Entretanto, Senise foi surpreendido pela anulação da escolha feita pelo presidente Jair Bolsonaro quando já despachava na sede da entidade.

Com isso, Bolsonaro determinou nova troca de comando, nomeando o hoteleiro Gilson Machado Neto como novo presidente da Embratur. Hoteleiro, Neto é dono de uma pousada na praia do Toque, em Alagoas, e foi um ativo apoiador do presidente durante as eleições. Além disso, Neto é conhecido em seu estado por ser integrante da banda de forró eletrônico Brucelose

Terceira troca na Embratur

Antes de assumir a nova função, Neto ocupou outro cargo no governo federal. O hoteleiro havia sindo indicado para chefiar a Secretaria de Ecoturismo, vinculada ao Ministério do Meio Ambiente.

Com a nova mudança, chega a três o número de presidentes da autarquia em cinco meses.

(*) Crédito da capa: Valter Campanário/Agência Brasil

(**) Crédito da foto: arquivo HN

Comentários