Booking.com: 67% dos brasileiros preferem viagens a bens materiais

Booking.com

A Booking.com divulgou recentemente uma pesquisa sobre as características dos viajantes brasileiros. Com ela, a empresa identificou uma informação que confirma a vontade do habitante do Brasil de viajar. Segundo a OTA, 67% dos pesquisados preferem viajar em vez de gastar com bens materiais.

O levantamento mostrou também que 59% dos brasileiros planejam investir mais em experiências, entretenimentos e atrações este ano, frente 2018. Sobre as tendências do turista canarinho, a Booking.com afirma ainda que, surpreendentemente, os millenials não estão isolados nessas preferências.

Com 73% do público mais jovem optando por experiências como viagens, a diferença cai para apenas 64% no caso dos viajantes entre 35 e 44 anos. Além disso, a preferência de 68% das pessoas com mais de 45 anos também vai na mesma linha.

Outro levantamento explica que este viajante também deseja visitar lugares inéditos em 2019.

Brasileiros atentos ao bolso

Objeto de consumo da maioria, como pode-se perceber, viajar nem sempre é garantia de poucos gastos. Com isso em mente, a pesquisa da agência online identificou ainda os que estão dispostos a sacrifícios por uma boa aventura. Com isso, chegou-se à conclusão de que oito em cada 10 pessoas afirmaram que vão otimizar os custo da viagem em 2019. O objetivo com isso seria viajar e vivenciar mais experiências que no ano passado.

No caso dos brasileiros, 52% estão dispostos a abrir mão de destaques turísticos caso considerem o custo incompatível com suas condições. Neste público, ainda, a organização afirma que três em cada quatro viajantes brasileiros controlam seus gastos definindo um orçamento com antecedência. Porém, 57% não segue essa estimativa à risca e acaba gastando mais que o planejado. 

Tendo isso em mente, a maioria dos viajantes devem atender a uma tendência mundial: viagens em baixa temporada. Dentro do levantamento, é indicado que 75% dos turistas do Brasil fariam viagens nessa época.

Para a pesquisa, 21,5 mil pessoas, de 29 países, foram entrevistadas online entre 10 e 30 de agosto do ano passado. Ela foi encomendada pela Booking.com e conduzida de forma independente.

(*) Crédito da foto: Austin Neill/Unsplash

Comentários