Booking.com: crise ainda preocupa viajantes brasileiros

Booking.com - gastos verãoEstudo ouviu 1,018 pessoas nas cinco regiões do país

A alta temporada de verão está chegando e, ao que parece, os brasileiros não estão muito animados. Embora 34% dos viajantes pretendam gastar mais no período, 60% disseram que crise econômica afetará as férias de alguma forma. Entre os Millennials, esse percentual sobe para 70%. Os dados integram pesquisa divulgada hoje (21) pela Booking.com.

Ainda segundo o estudo, 41% dos entrevistados visam desembolsar o mesmo valor do verão de 2017. Já outros 25% disseram que despenderão menos recursos nas férias. Ainda sobre a crise, 51% dos viajantes brasileiros afirmaram que o cenário instável impactará principalmente a busca por hospedagens mais baratas. Outros 42% acreditam que isso terá efeito também sobre gastos em compras e restaurantes.

Booking.com: mais dados

O levantamento trouxe ainda outros dados interessantes relativos ao impacto da crise econômica no Brasil. Quase quatro em 10 brasileiros (37%) disseram que viajarão com menos frequência no verão, percentual que sobe entre os Millennials (51%).  Viagens mais próximas (17%) e deixar de viajar para o exterior (16%) também foram citados pelas pessoas ouvidas na enquete.

Em meio a esse pessimismo sobre a economia, os entrevistados devem apostar em viagens mais curtas. Pouco mais da metade das pessoas ouvidas (55%), por exemplo, disse que viajará por 10 dias. Enquanto isso, um quarto (25%) priorizará os finais de semana ou feriados e 21% em férias de 11 dias ou mais. 

Outra maneira de economizar será buscando promoções de hospedagem (78%), principalmente para quem viaja com os amigos (87%). Um estudo mais profundo sobre preferências de hospedagem foi divulgado no início do mês pela Booking.com. Para conferi-lo, acesse https://bit.ly/2DQFKx3

A pesquisa foi realizada com 1.018 pessoas nas cinco regiões do país, por meio de questionário online, de setembro a outubro.

(*) Crédito da foto: veerasantinithi/Pixabay

Comentários